Ação humana pode ter causado incêndio florestal que atingiu 30 mil metros quadrados no bairro Ponta Russa

Seis Bombeiros Militares, com uso de abafadores, realizaram o combate, que ao final se extinguiu com ajuda da chuva.

Publicidade
Utilidade pública

Um incêndio florestal de grandes proporções foi combatido pelo Corpo de Bombeiros de Brusque nesta quinta-feira, 3 de janeiro. Foi preciso uma tarde inteira de trabalho para controlar o incêndio e deixar o local em segurança. Ação humana por ter sido fator que causou o fogo. Este é o quarto incêndio em Brusque somente nos primeiros dias do ano. As ocorrências foram registradas nos seguintes locais até o momento: rua Azambuja, rua Valter Barteld (Zantão), rua Ponta Russa, rua Primeiro de Maio e rua Holstein (Guabiruba)

Conforme o Corpo de Bombeiros, o incêndio iniciou na rua Ponta Russa e se propagou para o morro ao final da rua Valdir Gelatti, bairro Águas Claras. Atingiu cerca de 30 mil metros quadrados.

O helicóptero Arcanjo-03, aeronave do Corpo de Bombeiros com base em Blumenau, prestou apoio para sobrevôo, visualização e possibilidade de combate com uso de água, mas devido a distância do manancial não foi possível.

Seis Bombeiros Militares, com uso de abafadores, realizaram o combate, que ao final se extinguiu com ajuda da chuva. “Provável ação humana deu início ao incêndio e houve risco real de atingir duas residências de madeira”, explica o comandante da3ª Companhia de Bombeiros Militar de Brusque, Tenente Jacson Luiz de Souza.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Agenda exclusiva para vacina de gestantes, puérperas e lactantes abre hoje (21)

Imunização será ofertada ao longo desta semana nas três salas de vacina da cidade A Prefeitura de Brusque, por meio...
Publicidade
WhatsApp chat