Secretaria de Educação mantém plantão das creches até às 18h em oito unidades

Secretaria de Educação, Eliane Aparecida Busnardo Buemo, concedeu coletiva de imprensa para falar do ano letivo de 2019 e vagas em creches da rede municipal

Outras notícias da semana

A Secretaria de Educação, Eliani Aparecida Busnardo Buemo, se manifestou sobre a decisão em torno da solicitação de pais e mães quanto ao novo horário de atendimento nos centros de educação infantil – CEI’s.

“Em conjunto com o governo, decidimos que vamos iniciar segunda-feira do mesmo modo que terminamos o ano de 2018. Ou seja; as oito unidades que tinham acompanhamento estendido elas permanecerão com atendimento e as demais com o horário que está”, explicou Eliane.

De acordo com a secretaria, a pauta do horário das creches segue um histórico na rede. Até 2015, o horário seguia o que estará em vigor neste ano, com encerramento às 17h. Em 2016, houve uma mudança que estendeu o horário até às 18h, em apenas oito unidades.

Secretaria de Educação coletiva de imprensa
Secretaria de Educação, Eliani Aparecida Busnardo Buemo, em coletiva de imprensa sobre o ano letivo e vagas em creches. (Foto: Diplomata FM)

Para mapear a demanda, a secretaria fez um levantamento e identificou que o horário da manhã tem maior número de vagas. Segundo que foi apresentado na coletiva, os pais que utilizam o horário das 7h manhã contabilizaram ao todo 486 crianças.  No período vespertino, pais que buscaram depois das 17h somavam ao todo Os que 164 crianças.

Diante do novo ajuste, mediante a manifestação por abaixo-assinado, a Secretaria de Educação deverá fazer um novo acompanhamento, para dar prioridade aos pais que realmente tenham necessidade do horário estendido. O transporte escolar também passará por adequações.

Secretaria de Educação, Eliane Aparecida Busnardo Buemo
Secretária de Educação, Eliani Busnardo Buemo, em coletiva de imprensa sobre o ano letivo de 2019 e vagas nas creches da rede municipal. (Foto: Diplomata FM)

 “As crianças ficaram no horário quando os responsáveis legais nos apresentarem que de fato trabalham e tem necessidade de elas fiquem até mais tarde. Vamos olhar a questão do transporte junto aos motoristas, tudo com muita tranquilidade e sem alarde, pois queremos atender bem”, frisou.

A previsão da secretaria é abrir 160 novas vagas, que já estão determinadas da seguinte forma:

Vinte vagas no CEI Elza Bondemuller, no bairro Águas Claras

Dez vagas no CEI Laura Catani, no bairro Paquetá

80 vagas em período parcial na creche da FIP (para 4 e 5 anos)

50 vagas em período parcial no CEI Tia Anna no bairro Limeira (para 4 e 5 anos)

Conforme a secretaria Eliani, o remanejamento vai de encontro ao pedido do tribunal de contas para que o município atenda 50% da demanda para vagas de creche, 3 anos e 11 meses (48,72%). E na demanda de 4 a 5 anos, a demanda atendimento chegou em 88%. No entanto, em 2018 foi iniciado um senso para averiguar os dados sobre o número de crianças nas duas faixas etárias.

“Desconhecemos que temos crianças de 4 e 5 anos fora da escola, porque o nosso programa fila zero não apresenta isso”, destacou.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat