Prefeitura entrega tablets para Agentes de Saúde

A manhã de sexta-feira, 8, marcou a entrega de 14 tablets Samsung Galaxy Tab E, que serão utilizados pelos profissionais daqui em diante

Publicidade
Utilidade pública
Guabiruba
A manhã de sexta-feira, 8, marcou a entrega de 14 tablets Samsung Galaxy Tab E, que serão utilizados pelos profissionais daqui em diante. (Foto: Divulgação / Prefeitura de Guabiruba)

O papel e a caneta eram instrumentos costumeiros na rotina dos Agentes Comunitários de Saúde de Guabiruba, porém, estão com os dias contados. A manhã de sexta-feira, 8, marcou a entrega de 14 tablets Samsung Galaxy Tab E, que serão utilizados pelos profissionais daqui em diante. A distribuição dos aparelhos ocorreu no Salão Nobre da Prefeitura e contou com a presença da secretária de Saúde Patricia Heiderscheidt, a coordenadora de Programa de Saúde Ana Luiza Erthal Scharf, além do prefeito Matias Kohler, e do vice Valmir Zirke. Os equipamentos foram comprados com recursos do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), que tem como objetivo incentivar os gestores e as equipes a melhorar a qualidade dos serviços de saúde oferecidos aos cidadãos.

A secretária de Saúde explica que a medida visa otimizar o serviço, já que o município adquiriu um novo sistema, onde constam todas as informações da Secretaria de Saúde. Patrícia diz que os agentes assinaram um termo de responsabilidade sobre o tablet, onde se comprometem a usa-lo apenas em serviço, não sendo permitido levar para suas residências ou quaisquer outro locais fora da atividade laboral. “Quando o tablet está dentro de um órgão público ele é responsabilidade do município, fora do órgão, é de responsabilidade deles”, afirma. De acordo com a secretária, a transição para o sistema digital vem ocorrendo desde o início do ano, com a implantação do sistema. “Os agentes já foram treinados e já sabem como usar. Dúvidas eventualmente podem surgir e os responsáveis pelo sistema permanecerão no município por mais 30 dias para esclarecer possíveis dificuldades”, esclarece.

Agente de Saúde na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Lageado Baixo, Eliziane Lofy Pimentel acredita que a ferramenta tecnológica irá auxiliar muito nos trabalhos realizados. “Antes quando íamos nas casas tínhamos que anotar tudo num papel para depois lançar no computador, agora faremos diretamente no tablet e assim as informações chegarão corretamente o mais rápido possível”, aprova. Eliziane conta que a aquisição dos aparatos já era um pedido dos profissionais há um bom tempo. “Estávamos aguardando ansiosamente, fico feliz em poder fazer parte deste processo”, alegra-se.  

Publicidade
Últimas notícias

Obra de drenagem deixa rua São Pedro em meia pista

Início da obra ocorre nesta quarta-feira (1) A Diretoria de Trânsito da prefeitura de Brusque comunica aos condutores, que nesta...
Publicidade
WhatsApp chat