José Zancanaro se manifesta na sessão da Câmara sobre processo judicial

Publicidade
Utilidade pública

O presidente da Câmara de Vereadores de Brusque, José Zancanaro, se manifestou sobre a condenação ao processo judicial que responde no caso em que na oportunidade era Secretário Municipal de Educação.

Entenda na reportagem.

Zancanaro se pronunciou na sessão do legislativo desta terça-feira, 12. Um dos pontos levantados pelo vereador foi em relação a nota emitida pela Prefeitura de Brusque após a divulgação do caso na imprensa, a qual lamentou e classificou como “tentativa de desvirtuar a responsabilidade quando não lhe é politicamente favorável.

O presidente da Câmara ainda disse que intenção não é gerar um impasse entre o Poder Legislativo e o Poder Executivo.

O vereador reafirmou que não cometeu nenhum ilícito e irá recorrer em grau de recurso no Ministério Público de Santa Catarina.

Leia as declarações dadas;

“Sempre perquiri o interesse público, buscando priorizar o bom andamento das atividades educacionais em nossa cidade. Vários ganhos foram registrados em minha atuação perante a Secretaria de Educação. Sempre pautei minha conduta pelos princípios da legalidade e moralidade pública”, disse, ao declarar inconformismo com as manifestações púbicas de pré-julgamentos que enfrenta.

“Tenho plena convicção de minha inocência, no que diz respeito aos fatos articulados neste processo. Não tenho responsabilidade alguma que possa resultar em penalidades à minha pessoa, ao contrário do que foi propagado. Buscaremos comprovar isso em grau de recurso, junto ao Ministério Público de Santa Catarina [ MP-SC]”, frisou Zancanaro.

Nota da Prefeitura Municipal

“Quero apenas deixar claro, publicamente, que estes fatos serão oportunamente decididos no julgamento final do caso e, tenho certeza, serão revertidos”, disse.  “Quero repudiar a tentativa de se querer manipular a opinião pública a fim de desmoralizar a minha imagem. Reafirmamos que somos inocentes, injustiçados e iremos recorrer ao MP-SC. Até o momento, ainda não fomos notificados”, encerrou o parlamentar.

Publicidade
Últimas notícias

Santa Catarina passa a adotar número de RG igual ao do CPF em novembro

A carteira de identidade em Santa Catarina passa adotar um novo modelo a partir do dia 8 novembro. O...
Publicidade
WhatsApp chat