Aneel diz que pagamento de empréstimos reduzirá tarifa de energia

Outras notícias da semana

Motorzinho e Lucas Rech fazem pódio brusquense no Circuito Summit de Travessias

Dois brusquenses conquistaram bons resultados no Circuito Summit de Travessias. Foram 2 km de prova em mar aberto, na praia de Balneário Barra do...

Bandeirante sedia competição nacional de Beach Tennis

As quadras de Beach Tennis da Sociedade Esportiva Bandeirante serão palco do Circuito BRB, organizado pela Confederação Brasileira de Tênis (CBT). A competição será...

Com foco no Volta Redonda, Brusque FC treina em dois turnos

Pensando no Volta Redonda, o Quadricolor realizou dois treinos nesta terça-feira (24). A primeira parte do treino foi realizada no período matutino, na academia,...

Brusque registra o 65º óbito relacionado a Covid-19

Brusque registra o 65º óbito relacionado a Covid-19 A Vigilância em Saúde informa o 65º óbito por Covid-19 em Brusque. Trata-se de uma mulher, de...

A amortização de empréstimos contraídos em 2014 pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) junto a oito bancos possibilitará um impacto de redução média de 3,7% nas tarifas de energia que serão pagas em 2019 pelo consumidor brasileiro; e de 1,2% em 2020. Esses empréstimos foram feitos visando compensar as concessionárias de energia pelos prejuízos causados pela crise hídrica no setor.

A redução, anunciada hoje (20), em Brasília, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foi possível a partir de negociações feitas desde novembro do ano passado, entre Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, Ministério de Minas e Energia, Aneel e um pool de oito bancos.

Os recursos a serem usados fazem parte de um fundo criado para compensar eventuais atrasos ou calotes que poderiam ser praticados pelas concessionárias.

Reunião em Brasília

A operação de amortização será concretizada na reunião de diretores da Aneel, prevista para a tarde de hoje, em Brasília.

“Esse empréstimo, feito em 2014, seria amortizado até abril de 2020. Diante de condições administrativas identificadas, conseguimos antecipar a quitação desse empréstimo a partir de setembro de 2019. Essa quitação antecipada nos leva a uma atenuação da tarifa em 3,7% em 2019, e de 1,2% em 2020”, explicou o diretor-geral da Aneel, Andre Pepitone.

Com a quitação antecipada da chamada Conta ACR – mecanismo de repasse de recursos às distribuidoras para a cobertura dos custos com exposição involuntária no mercado de curto prazo e o despacho de termelétricas entre fevereiro e dezembro de 2014 – será possível retirar R$ 8,4 bilhões das contas de luz até 2020.

Segundo Pepitone, R$ 6,4 bilhões serão retirados da tarifa de energia paga pelos consumidores em 2019; e outros R$ 2 bilhões sairão da tarifa em 2020 – valores que serão considerados para a definição do preço final das tarifas.

“A materialização dessa decisão irá repercutir no processo tarifário de cada distribuidora de energia em seu aniversário contratual, ou seja, na data de reajuste de cada distribuidora de energia”, finalizou.

EXPLICANDO O EFEITO NAS TARIFAS (Assessoria da Annel)

Como foi explicado, a antecipação do pagamento da conta ACR implicará o desconto médio de 3,7% nas tarifas de 2019 e de 1,2% em 2020. Mas é importante destacar que isso não significa que os consumidores terão redução líquida no valor de sua conta. Ou seja, não haverá reajustes negativos. O efeito a ser sentido será de atenuação no impacto dos reajustes anuais de cada empresa.

Por exemplo, se uma distribuidora tivesse o reajuste calculado em 10% para 2019, com o efeito da medida, esse reajuste passaria para 6,3%. Em 2020, um aumento de tarifas de 10%, cairia para 8,8%.

Cada distribuidora terá esse abatimento nas datas de seus reajustes, e o impacto pode variar de empresa para empresa.

No caso das empresas que tiveram os reajustes definidos entre dezembro de 2018 até hoje (Cepisa, Ceron, Eletroacre, Energisa Borborema, Light e Enel Rio) a ANEEL vai republicar os reajustes contemplando os efeitos dessa decisão.

A CPFL Santa Cruz terá o reajuste fixado na tarde desta quarta, incorporando os efeitos do acordo.

Últimas postagens

COVID-19: Boletim epidemiológico de 29 de novembro

Brusque registrou nas últimas 24 horas 219 novos casos de Covid-19. Agora, a cidade conta com 9.084 pessoas que já contraíram a doença. Deste...

Veículo capota na Rua do Cedro

Um capotamento de veículo foi registrado por volta das 13h30 deste domingo, 29. O acidente ocorreu na Rua do Cedro, no bairro Dom Joaquim....

Brusque registra o 65º óbito relacionado a Covid-19

Brusque registra o 65º óbito relacionado a Covid-19 A Vigilância em Saúde informa o 65º óbito por Covid-19 em Brusque. Trata-se de uma mulher, de...

Governador anuncia reativação de 205 leitos de UTI para tratamento de Covid-19 em SC

Em webconferência com presidentes de associações e diretores de hospitais filantrópicos, o chefe do Executivo estadual garantiu o repasse de R$ 44 milhões, até...

Homem embriagado é detido após agredir esposa e ameaçar a filha com martelo

Um homem de 32 anos foi detido após agredir a companheira e amaçar a filha de oito anos. A ocorrência foi registrada por volta...
Publicidade
WhatsApp chat