Combate e rescaldo a incêndio que atingiu empresa em Dom Joaquim durou quase 9 horas

Quase nove horas após o início do incêndio que atingiu uma fábrica de estofado no bairro Dom Joaquim, o Corpo de Bombeiros concluiu o atendimento à ocorrência na tarde desta terça-feira, 12, por volta das 15h.

Outras notícias da semana

Diretora do Santuário Santa Paulina fala sobre programação para celebrar 15 anos da dedicação

Durante o mês de janeiro uma programação especial foi desenvolvida para celebrar os 15 anos da Dedicação do Santuário Santa Paulina, em Nova Trento....

Brusque se reapresentou na tarde de quarta-feira e já foca no jogo contra o Santa Cruz

O Brusque FC se reapresentou na tarde de quarta-feira (13), no CT Rolf Erbe. Os atletas que não atuaram ou jogaram menos de 45...

Com obras de manutenção, Ponte da Cristalina terá trânsito interditado a partir de segunda-feira, 18

Com o objetivo de melhorar a trafegabilidade entre Brusque e Guabiruba na rua Cristalina, bairro Dom Joaquim, a Prefeitura dos dois municípios, por meio...

Novo diretor do Sine de Brusque elenca prioridades a frente do órgão em 2021

O novo diretor do Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Brusque, Waldir da Silva Neto (Neto), foi anunciado no início deste mês como responsável...
Incêndio em empresa
Local está isolado para perícia. (Foto: Diplomata FM)

Quase nove horas após o início do incêndio que atingiu uma fábrica de estofado no bairro Dom Joaquim, o Corpo de Bombeiros concluiu o atendimento à ocorrência na tarde desta terça-feira, 12, por volta das 15h.

Bombeiros de Brusque e Guabiruba foram mobilizados para auxiliar no atendimento, que teve início pouco depois das 8 horas. De acordo com a 3ª Companhia de Bombeiros Militar, o sinistrou atingiu o galpão da Tomasi Estofados, localizada no bairro Dom Joaquim. Em cinco minutos, o local estava todo tomado pelo fogo, fumaça, gás tóxico por causa da espuma. Só houve tempo de correr.

O Capitão Jacson Luiz de Souza, comandante do Corpo de Bombeiros de Brusque, conversou com nossa reportagem por volta das 17h de hoje e falou a respeito desta ocorrência. Conforme o oficial, os trabalhadores ainda conseguiram retirar muito material combustível do interior da empresa, e isso, de certa forma, auxiliou o trabalho dos bombeiros. Alguns maquinários e madeiras não queimaram e serão reaproveitados, porém isso será feito a partir de segunda-feira, com muita segurança.

“A gente conversava com os proprietários e com o Engenheiro responsável pela obra, eles irão nos apresentar um plano de trabalho e os laudos para começar a remover com muito cuidado aquela estrutura metálica e as placas da parede de alvenaria da edificação”, explica o comandante do Corpo de Bombeiros de Brusque, Capitão Jacson Luiz de Souza em entrevista à Diplomata FM.

Incêndio em empresa
Local atingido por incêndio de grandes proporções. (Foto: Diplomata Diplomata FM)

Os bombeiros montaram uma linha de combate ao incêndio confinado, até ele ser controlado. A área foi isolada para posterior perícia. Durante o dia todo cuidado foi mantido e observado no local por conta do risco de colapso em três paredes comprometidas.

O incêndio destruiu grande parte da edificação e comprometeu toda a estrutura interna.  O Corpo de Bombeiros utilizou cerca de 20 mil litros de água e cinco viaturas para o combate às chamas. O Samu foi acionado para prestar socorro pré-hospitalar.

Incêndio em empresa
Bombeiros de Brusque e Guabiruba foram mobilizados para auxiliar no atendimento, que teve início pouco depois das 8 horas. (Foto: Diplomata FM)

Os funcionários da empresa conseguiram fazer com que a situação não fosse ainda mais complexa. Conforme o Capitão Jacson, eles identificaram o incêndio, que teria iniciado em um depósito aos fundos da edificação, e tentaram combater. “A edificação está regularizada, tinha sistemas preventivos, como hidrantes, extintores e tudo mais, mas pela característica do material, com baixa densidade e alta combustibilidade, a propagação foi extremamente rápida e logo tiveram que abandonar a estratégia e começara a retirar o material para prevenir mais dandos”.

Vítimas

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, porque duas pessoas foram atingidas e precisaram de atendimento médico: um homem ficou com um dos braços feridos na tentativa de debelar o fogo e uma segunda vítima precisou ser atendida pela equipe médica do Samu devido a inalação de fumaça.

Segundo informações colhidas pela reportagem, cerca de 35 funcionários estavam no local no momento que o incêndio começou. “Segundo informações, houve um pequeno foco sobre espuma onde há material usado para fabricação de estofado, e isso muito rápido se alastrou, e os trabalhadores saíram correndo do interior do galpão”, relata o Sargento Castro ao Jornal da Diplomata.

Últimas postagens

Obituário (21 de janeiro)

Faleceu nesta quarta-feira, 20, às 6h45, 69 anos, Gentil Frainer, que residia no São Pedro. Corpo velado na capela Parque da Saudade e o...

Manhã Mais – sorteio de 21 de janeiro.

Calça pantacourt da Cosh Jeans. Confira as novidades da Cosh no instagram @coshjeans.

Brusque FC não renova com João Carlos, Ronaell, Gustavo Henrique, Eliomar e Emerson Martins

Quatro jogadores deixaram o elenco do Brusque FC nesta quarta-feira, 20. Os laterais, João Carlos e Ronaell, os meias Gustavo Henrique e Eliomar e...

Matriz de Risco aponta nove regiões em estado gravíssimo e sete em nível grave

A Matriz de Risco Potencial, divulgada nesta quarta-feira, 20, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), classifica nove das 16 regiões de saúde catarinenses como...

Defesa Civil divulga novo aviso meteorológico sobre as chuvas

A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Brusque divulga aviso meteorológico, emitido pela Defesa Civil Estadual, nesta quarta-feira (20). O aviso alerta para...
Publicidade
WhatsApp chat