Pedágio da Apae de Brusque arrecada mais de R$ 36 mil

Evento que contou com a colaboração de voluntários ocorreu na sexta-feira, 7, em Botuverá, e neste sábado, 8, em Brusque

Publicidade
Utilidade pública

O sábado ensolarado do dia 8 de junho foi especial para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque, com a realização de mais uma edição do pedágio da entidade. Na oportunidade cerca de 200 voluntários estiveram em 13 pontos estratégicos da cidade, no período da manhã, para a arrecadação de valores.

Pedágio da Apae ocorreu no sábado. (Foto: Divulgação / Assessoria Apae Brusque)

Da mesma forma na sexta-feira, 7, o pedágio em prol da instituição foi realizado na cidade de Botuverá, onde foram contabilizados R$ 2.302,90. Já em Brusque a ação deste sábado alcançou o valor de R$ 33.704,02. Assim, o Pedágio 2019 da Apae de Brusque arrecadou um total de R$ 36.006,92 em 2019, que a partir de agora irão auxiliar a entidade na manutenção de seus serviços.

Pedágio da Apae ocorreu no sábado. (Foto: Divulgação / Assessoria Apae Brusque)

“Queremos agradecer a todos os voluntários que atuaram no pedágio e fizeram a sua doação. Esse valor é muito significativo e vem ao encontro das necessidades da Apae. O nosso muito obrigado, de coração, a todos que doaram seu tempo ou algum valor a essa causa”, comentou o presidente da entidade, Sebastião Ernani Póia.

Mãos que ajudam

Ao longo do sábado, o que se viu foi o apoio da comunidade, que contribuiu das mais diversas formas: tanto quem trafegava no trânsito como quem circulava próximo aos pontos de coleta, a pé ou de bicicleta.

Da mesma forma, diversos voluntários, vestidos com coletes amarelos e com o símbolo da instituição deixaram suas atividades de lado para se dedicar à causa. De veículo em veículo e até entre os pedestres eram feitas as abordagens, geralmente retribuídas com alegria.

A auxiliar de escritório Karina Schveitzer, esteve pela primeira vez como voluntária em um pedágio da Apae. Ela, que já participou de outros pedágios como voluntária esteve com amigos na ocasião e falou da alegria em poder colabirar para a entidade. “É muito bom ajudar, as pessoas foram muito receptivas e é muito bom poder fazer parte disso, ajudar”, comentou.

O sentimento de alegria e satisfação foi o mesmo compartilhado pela administradora Betânia Voltolini, que há sete anos atua no pedágio da Apae. Para ela, poder contribuir para uma entidade que realiza um trabalho tão significativo na cidade e região foi compensador. “Quem ganha, sem dúvida somos nós, voluntários. É muito bom estar aqui, encontrar amigos e conhecidos e poder colaborar para essa causa. Viemos pela alegria que é participar e em poder ver a contribuição de muitas pessoas, que às vezes doam valores duas, três vezes”, ressaltou. 

Também há sete anos participando como voluntário no pedágio da entidade e em outras atividades realizadas pela Apae de Brusque, o engenheiro civil Braulio Rocha não deixou de marcar presença em mais um pedágio e encerrou a manhã de sábado com a sensação de mais um dever cumprido. “O sentimento é recompensador. A Apae realiza um trabalho extremamente importante e estar aqui e doar é o momento de consciência de cada um, em poder contribuir de alguma forma. Estou muito feliz em poder ter ajudado, mais uma vez”, completou. 

Publicidade
Últimas notícias

Prefeito fala sobre programação alusiva ao aniversário de Brusque

Com o tema “Brusque de famílias, histórias e conquistas”, a Prefeitura de Brusque realiza de 30 de julho até 8...
Publicidade
WhatsApp chat