Team brasileiro/brusquense entra nos desertos do RAAM (EUA)

Outras notícias da semana

Novas informações chegaram diretamente dos EUA sobre a participação da dupla brasileira Bado, de Curitiba e Cleiton, de Brusque, no Race Across América. De acordo com apoio/staff de Odirlei Dell’Agnolo, conhecido como “Bah” – também de Brusque, os próximos três dias serão de desafios extenuantes no deserto americano, entre alternâncias vertiginosas de condições climáticas.

Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)
Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)

Nesta segunda-feira, 17, a dupla finalizou dois longos trechos de competição, com chegada no Arizona. As próximas etapas serão ainda mais duras e desafiantes, não só para os atletas, com para o time de apoio.

“O ambiente é muito seco, hostil. Uma das estratégias da equipe é dormir as noites em hotel. Vamos passar em menos de 24 horas numa situação de 38 graus a 0 graus e depois entra num deserto muito quente. Nosso objetivo é passar os três dias e meio nas melhores condições”, frisou Bah.

Já com episódios leves de desidratação, o time fez um trabalho de recuperação para encarar os próximos trajetos. O plano é recuperar as energias para seguir firme na prova e chegar em até nove dias na cidade de Maryland.

Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)
Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)

“O RAAM é uma corrida maluca, você precisa cumprir o trajeto no menor prazo possível. Não tem nenhuma regra do início e a chegada na final”, explicou. As únicas obrigações são as passagens pelas estações de controle.

Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)
Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)

Após a largada no sábado, na Califórnia, a dupla Bado e Cleiton chegou a ocupar a segunda colocação. Com a parada técnica, perdeu posição e até a última atualização correria entre as cinco primeiras duplas colocadas pela categoria (T2).

“Mesmo assim o clima está bem legal, estamos confiantes de vamos concluir a prova, esse sempre foi o nosso principal objetivo”, destacou Odirlei.

Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)
Team brasileiro/brusquense entra para etapas de desertos no RAAM (EUA)

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat