Publicidade

Bruscão está na final da Série D ao vencer Ituano no tempo normal e nos pênaltis

Bruscão está na final da Série C ao vencer Ituano no tempo normal e nos pênaltis

Outras notícias da semana


Início da partida entre Brusque e Ituano, no Estádio Augusto Bauer

O Brusque FC recebeu a equipe do Ituano (SP) para o confronto do jogo de volta das semifinais do Campeonato Brasileiro da Série D. Após ser derrota por 2 a 0, no jogo em São Paulo a missão de classificar para a final ficou difícil, mas confiante a torcida do quadricolor lotou as dependências do estádio Augusto Bauer na tarde deste domingo para incentivar o time.

brusqueituano (3)
Torcida lotou o estádio Augusto Bauer para empurrar o time para final do Brasileiro.

Os comandados de Waguinho Dias entraram em campo sabendo que precisariam vencer por uma diferença de dois gols para levar para os pênaltis e de três gols para classificar para a decisão do campeonato.

O time entrou em campo com algumas modificações com Magrão retornado na zaga após recuperar de lesão, mas em vez de formar dupla com Ianson o técnico optou em escalar ele ao lado de Cleitão. Outro mudança foi a entrada de Zé Mateus no meio campo no lugar de Ruan, que sofreu contusão no jogo de ida e não se recuperou a tempo.

Aos 15 minutos o Brusque marcou com Tiago Alagoano, após o goleiro Pegorani rebater chute nos pés do meia atacante, mas o árbitro assinalou impedimento.

brusqueituano (4)
Brusque levantando bola na área do Ituano no primeiro tempo.

Logo em seguida a equipe do Ituano não segurou a pressão e após cruzamento aos 18 minutos da primeira etapa o meia atacante Fio de cabeça marcou o primeiro do Bruscão.

No segundo tempo aos 17 minutos o Bruscão voltou a marcar com Tiago Alagoano após triangulação com o atacante Junior Pirambú, o jogador bateu no canto esquerdo do goleiro Pegorari. Esse placar era suficiente para levar a partida para os pênaltis.

Empurrado pela torcida o time continuou no ataca na busca pelo terceiro gol que daria a classificação para os comandados de Waguinho Dias.

Aos 30 minutos o meia Tiago Henrique que tinha acabado de entrar no lugar de Fio, lançou Airton dentro da área e o lateral esquerdo cortou o zagueiro que derrubou o jogador do Brusque, penalidade anotada pelo árbitro. O atacante Junior Pirambu bateu e o goleiro Pegorari defendeu, para desespero da torcida do Bruscão. Chance de classificação direta desperdiçada.

Após o pênalti desperdiçado o time sentiu e acabou não conseguindo manter o futebol que até então apresentava. Com a vitória de 2 a 0, o Brusque devolveu o placar e o jogo foi para os pênaltis.

brusqueituano (6)
Jogadores comemorando a classificação com a torcida.

 O árbitro decidiu que os pênaltis fossem cobrados na trave direcionada para a Avenida Lauro Muller. O Brusque venceu por 4 a 3, e conseguiu a classificação para a grande final da competição. O adversário será o Manaus em datas que serão definidas. Para o Brusque marcaram Airton, Tiago Alagoano, Tiago Henrique e Zé Mateus. O goleiro também foi herói ao defender o pênalti cobrando por Luizinho.

Torcida vibra com o gol que garantiu vaga à final para o Brusque

Ficha técnica

Brusque FC: Dida, Edilson, Cleitão, Magão, Airton, Zé Matheus, Romarinho, Tiago Alagoano, Fio, Jeferson Renan e Junior Pirambú. Técnico: Waguinho Dias.

Ituano: Pegorari, Felipe, Mateus, Léo Rigo, Paulinho Dias, Peri, Serrato, Correa, Angelotti, Marquinhos, Chaudinho. Técnico: Vinicios Bergantin.

SourceRedação

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat