Brusque novamente entre as cidades que têm menores taxas de homicídios do Brasil, diz Ipea

Outras notícias da semana

As cidades de Jaraguá do Sul e Brusque estão entre as que possuem as 10 menores taxas de homicídios, entre os municípios com mais de 100 mil habitantes do Brasil.

Os números são referentes ao ano de 2017. De acordo com o Ipea, Jaraguá do Sul registrou 5,5 mortes para cada 100 mil habitantes naquele ano. Houve um total de nove mortes violentas, que o instituto considera como homicídios. Esse resultado deixou a cidade catarinense na quarta posição, entre os 310 municípios avaliados em todo o Brasil.

Na quinta posição da lista aparece Brusque, onde os sete homicídios registrados pela pesquisa representaram uma taxa de 5,8 mortes para cada 100 mil habitantes.

Segurança Publica
Órgãos da Segurança Pública em Brusque. (Foto: Arquivo / Diplomata FM)

Já os três primeiros lugares ficaram com as cidades de Jaú (2,7), Indaiatuba (3,5) e Valinhos (4,7), todas em São Paulo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina, a tendência é de que o número de homicídios dessas e das demais cidades catarinenses continue a se reduzir. De acordo com o balanço semanal divulgado nesta segunda-feira pela pasta, desde 2016, o número de mortes violentas vem caindo no Estado.

Em 2017, ano em que o Ipea usou no estudo, a SSP-SC registrou 987 homicídios em Santa Catarina. No ano seguinte, 775 pessoas foram mortas. Para este ano, a tendência é que haja uma nova queda. Isso porque no período de 1º de janeiro a 5 de agosto de 2018, houve 505 homicídios no Estado. Já neste ano, no mesmo recorte, foi registrado um total de 399 mortes violentas.

(Com informações do Jornal Diário Catarinense)


Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat