Convênio abre pronto-socorro do Hospital Dom Joaquim nos finais de semana e feriados

Outras notícias da semana

UNIFEBE contrata estagiários para atuar no IGP e IML de Brusque

O Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) está com processo seletivo em aberto para contratação de estagiários, para atuar no Instituto Médico Legal (IML) e...

Novo diretor do Sine de Brusque elenca prioridades a frente do órgão em 2021

O novo diretor do Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Brusque, Waldir da Silva Neto (Neto), foi anunciado no início deste mês como responsável...

Prefeito de Guabiruba fala sobre primeiras ações em 2021, recepção dos funcionários e obras que serão prioridades

Na manhã desta segunda-feira, 18, participou ao vivo do Jornal da Diplomata, Valmir Zirke, prefeito do município de Guabiruba. Recepção dos funcionários, início do...

Prefeito visita escolas com vista a volta às aulas presenciais

A ação ocorreu na tarde desta segunda-feira (18) e contou com a secretária de Educação Eliane Busnardo Buemo O prefeito de Brusque, Ari Vequi, e...

O Hospital Dom Joaquim terá o Pronto-Socorro aberto em horários estendidos nos finais de semana e feriados. Em convênio firmado com a Prefeitura de Brusque, o atendimento será concentrado a partir das 18h de sexta-feira até às 22h de segunda. A vigência do contrato começa a valer no próximo dia 1º de novembro.

Nos feriados, o atendimento começa na véspera às 18h e se estende por 37 horas, só terminando um dia após, às 7h. Convênio global de R$ 7,8 milhões prevê parceria com por 14 meses, até o final de 2020. Será uma primeira experiência, para uma possível abertura do pronto-atendimento em tempo integral.

O objetivo é diminuir a demanda e fila de espera no Hospital Azambuja, historicamente sobrecarregado nos finais de semana e feriados, em detrimento do fechamento das unidades de saúde do município.

O convênio firmado entre a Secretaria de Saúde com o Hospital Dom Joaquim é voltado para atendimento de casos de baixa e média complexidade – com possibilidade de internação, exames e observação – internações clínicas. Para situações graves, traumatizados ou gestantes de risco – por exemplo, bem como para acidentados atendidos pelo Corpo de Bombeiros/Samu, os atendimentos deverão ser encaminhados ao Hospital Azambuja.

“É um desafio pois tudo que é novo cria desafios, estamos com a equipe formada (11 médicos), revendo a logística do pronto-atendimento e acredito que será superado. Nós não temos uma U.T.I, então não podemos atender casos de maior complexidade”, explica a gerente de enfermagem, Vera Lúcia Civinski.

Saiba mais detalhes na entrevista com a chefe de enfermagem, Vera Civinski, em coletiva de imprensa.

A parceria firmada vai exigir um relacionamento direto entre os hospitais (para situações emergências de remanejamento) e o entendimento da população – principalmente das regiões próximas ao Hospital Dom Joaquim, para o encaminhamento correto.

“Será uma parceria e já está sendo sincronizada junto ao Comusa e o Hospital Azambuja, pois irá aliviar a porta de entrada do hospital, que tem vocação para casos mais graves”, explicou o Secretário de Saúde, Humberto Martins Fornari.

A logística montada pelo convênio trabalha com a prerrogativa em torno dos atendimentos aos municípios vizinhos. Conforme o secretário Humberto Fornari, o aporte injetado no Hospital Dom Joaquim é destinado à população brusquense – sendo que para pacientes de municípios vizinhos (Guabiruba, Botuverá e da região), a referência continuará sendo o Hospital Azambuja, em detrimento do acordo formulado regionalmente.

“O convênio que firmamos hoje é da Secretaria da Saúde do Município de Brusque para a população brusquense; é diferente do Hospital Azambuja que possui portaria que atende a nossa macrorregião – de Guabiruba, Botuverá e de outros municípios”, explicou o Secretário de Saúde.

Saiba mais detalhes na entrevista com o Secretário de Saúde, Humberto Martins Fornari, em coletiva de imprensa.

A estratégia em torno do convênio cria uma nova engrenagem de atendimento descentralizado da saúde. O governo municipal trabalha para em 2020 abrir um pronto-atendimento no bairro Santa Terezinha.

“Ainda temos para fazer a ampliação da unidade do Santa Terezinha, daí teríamos três portas-abertas para o pronto atendimento no município, que com certeza é nosso grande problema”, comentou Ari Vechi.

“A população tem crescido e há necessidade do aumento do atendimento médico e no futuro há possibildade do atendimento direto no pronto-socorro do Hospital Dom Joaquim”, explicou o prefeito Jonas Paegle.

Foto: SECOM – Secretaria Municipal de Comunicação Social.

Últimas postagens

Brusque registra 101 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Brusque registrou 101 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas. Neste dia 19 de janeiro foram contabilizados 15.003 notificados, sendo 404 ativos e...

Primeiro lote da CoronaVac em Brusque (1.096 doses) começa a ser aplicado nos profissionais da saúde

Na tarde desta terça-feira, 19, Walter Orthmann, 98 anos, detentor do título de funcionário com maior tempo de atividade em uma empresa, pelo Guiness...

Guabiruba aplica primeiras doses da vacina da Covid-19

Na tarde desta terça-feira, 19, as doses da vacina Coronavac chegaram em Guabiruba. Inicialmente foram cotadas 56 unidades para o município, porém, a Secretaria...

Técnica de Enfermagem é a primeira colaboradora do Hospital Imigrantes a receber a vacina da Covid-19

Às 16h15 desta terça-feira, 19 de janeiro de 2021, aconteceu o momento mais esperado dos últimos meses: o início da vacinação contra a Covid-19...

Endorfina – Resultado de 19 de janeiro de 2020.

Terrário com suculentas da Barni Garden Center. Comece o ano renovando as flores e plantas da sua casa com a Barni. Visita a Barni...
Publicidade
WhatsApp chat