5° Cerco de Jericó segue até domingo, 1°, na Paróquia São Luís Gonzaga realiza

Serão sete dias e sete noites de oração, com missas às 6h e 19h, na Igreja Matriz

Outras notícias da semana

Brusque é derrotado pelo Santa Cruz

O Brusque FC perdeu para o Santa Cruz por 3 X 1 e ficou de fora da final do Campeonato Brasileiro da Série C....

Nas últimas 24 horas foram registrados 53 novos casos de Covid-19 em Brusque

O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta terça-feira (12), aponta que Brusque tem 14.480 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 53...

Botuverá registra segundo óbito por Coronavírus

O município de Botuverá registrou nesta quinta-feira, 14 de janeiro, o segundo caso de óbito associado ao coronavírus. Trata-se de uma idosa, de 80...

Adolescente morre após acidente em parque de diversões em Camboriú

Um adolescente de 13 anos morreu após um acidente em um parque de diversões em Camboriú, no Litoral Norte catarinense. De acordo com a...

Sob o tema: “Chamados à Santidade” e o lema “Sede santos porque Eu sou Santo” (Lv 11,45), teve início neste domingo, 24 de novembro, durante a missa das 19h, o 5° Cerco de Jericó, na Igreja Matriz São Luís Gonzaga. Na primeira noite, a Santa Missa foi presidida pelo padre Carlos Marcos Nicolodelli, scj, com o tema: “Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos céus” e intencionada à santidade dos paroquianos. Serão sete dias e sete noites de oração no local. No decorrer da semana, as celebrações ocorrerão em dois momentos: às 6h e às 19h. Toda a comunidade é convidada a participar.

Cerco de Jericó

O Cerco de Jericó consiste na oração incessante do terço, durante sete dias e sete noites, diante do Santíssimo Sacramento, pedindo pela derrubada das muralhas e obstáculos impostos pela vida. Nesse período, grupos se revezam em oração, de hora em hora, intercalando com os horários de celebrações que acontecem pela manhã e de noite.

Como lembra o pároco da Paróquia São Luís Gonzaga, padre Diomar Romaniv, scj, o Cerco de Jericó é inspirado no livro de Josué, capítulo 6, quando cita que o povo queria tomar a cidade de Jericó, que estava cheia de muralhas. “Então o povo passou rezando, em vigília, com a arca da aliança que tinha a palavra de Deus envolta dessa muralha, até que no sétimo dia, a muralha caiu”.

Este caminho é percorrido espiritualmente pela Igreja, para recordar as muralhas de cada um. É um tempo de conversão e mudança de vida. “Por isso temos três caixas: uma de pedido (caixa verde), dos pecados (caixa roxa) e de agradecimento (caixa amarela). Essa semana que vamos viver é nesse sentido, para nós, o tema central da santidade. Queremos ser santos e, para viver a santidade, há um caminho muito claro na Sagrada Escritura que é o das bem-aventuranças”, destaca o pároco. “Todos os dias a igreja ficará aberta 24 horas, sempre com um grupo responsável por conduzir os momentos de oração, através de um texto que foi proposto, com diversos momentos de silêncio e cantos, com missas diariamente às 6h e 19h”, convida.

São sete dias e sete noites de oração, com missas às 6h e 19h, na Igreja Matriz. (Foto: Divulgação / Paróquia São Luís Gonzaga)

No decorrer desta semana a paróquia terá sacerdotes para atender as confissões. Durante o dia, na secretaria paroquial, e na igreja, durante as celebrações das missas das 19h.

“Sete dias celebrando a Eucaristia”

Durante a homília, o celebrante da Santa Missa, padre Carlos Marcos Nicolodelli, discursou sobre a importância deste período que a Igreja vive, ao dedicar-se ao Cerco de Jericó. “É muito apropriado iniciar esse Cerco de Jericó, que significa passar sete dias celebrando a Eucaristia, adorando o Senhor e buscando o dom da reconciliação. É muito próprio, especialmente nesta época em que estamos, hoje, celebrando o último domingo do tempo litúrgico da igreja, nos preparando para domingo que vem, no término dessa celebração do Cerco, iniciarmos o tempo do advento e, assim, um novo ano litúrgico, um novo ano de celebrações da vida e obra de Jesus Cristo”, destacou.

Participação em família

José Ricardo Steinbach foi à igreja neste domingo acompanhado da esposa Juliana e da pequena Laura. Para eles, a primeira noite do Cerco de Jericó foi um momento muito especial. “A gente já participou outras vezes do Cerco e, hoje, na missa de abertura, foi um momento diferente. Um momento de fazermos nossa oração, refletir um pouco sobre a vida, sobre nossa família. A gente sai daqui, com certeza, melhor do que chegamos”, afirma.

A experiência de viver a primeira noite do Cerco de Jericó foi também o despertar para participar de todos os demais dias para Claudemir Eduardo, a esposa Fabiana e os filhos Artur, Camile e Leonardo. “A missa foi muito bonita, vamos participar a semana toda. Espero que seja uma semana de luz, que Deus faça com que a gente sempre chegue aos seus caminhos, que sempre haja felicidade para nossas famílias e para as pessoas que estão na igreja”, declara a família, membro da Comunidade Nossa Senhora de Fátima, no Jardim Maluche.

Programação

Programação da semana – 5° Cerco de Jericó
Domingo (24/11)
Tema: “Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do céu”
Missa às 19h – Pe. Carlos M. Nicolodelli, scj
Intenção: Pela santidade de nossos paroquianos 
Segunda-feira (25/11)
Tema: “Felizes os mansos porque possuirão a terra”
6h: Missa
19h: Missa – Pe. Diego Martins, scj
Intenção: Pelas crianças 
Terça-feira (26/11)
Tema: “Felizes os que choram, porque serão consolados”
6h: Missa
19h: Missa – Pe. Josimar Baggio, scj
Intenção: Pelos doentes e desempregados 
Quarta-feira (27/11)
Tema: “Felizes os que tem fome e sede de justiça, porque serão saciados”
6h: Missa
19h: Missa – Pe. Silvano Borba, scj
Intenção: Pelos empregados e empresários 
Quinta-feira (28/11)
Tema: “Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia”
6h: Missa
19h: Missa – Pe. Aléssio da Rosa, scj
22h30: Missa Jovem: Pe. Ewerton M. Gerent
Intenção: Pelos jovens 
Sexta-feira (29/11)Tema: “Felizes os puros de coração, porque verão a Deus”
6h: Missa
19h: Missa – Pe. Zaqueu Suczeck, scj
Intenção: Pelos médicos e enfermeiros 
Sábado (30/11)
Tema: “Felizes os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus”
6h: Missa
19h: Missa – Pe. Antônio Madeira, CEFISC
Intenção: Pelas famílias 
Domingo (01/12)
Tema: “Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus”
7h; 9h: Missa
19h: Missa – Pe. Diomar Romaniv, scj
Missa de encerramento

Últimas postagens

Brusque é derrotado pelo Santa Cruz

O Brusque FC perdeu para o Santa Cruz por 3 X 1 e ficou de fora da final do Campeonato Brasileiro da Série C....

Covid-19: Boletim deste domingo (17) confirma dois novos óbitos

Nas últimas 24 horas foram registrados 55 novos casos de Covid-19 e dois óbitos O novo boletim epidemiológico, divulgado neste domingo (17), aponta que Brusque...

Homem acusado como “tarado da Biz” é preso pela polícia no bairro Cedrinho

A Polícia Militar de Tijucas, juntamente com a Polícia Civil, cumpriu um mandado de prisão preventiva em Brusque, contra um homem de 27 anos,...

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid

Por unanimidade, os cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovaram o uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford contra...

Estudantes fazem hoje primeira prova do Enem 2020

Milhões de estudantes de todo o país fazem hoje (17) a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Os portões serão...
Publicidade
WhatsApp chat