Pauta da sessão ordinária de terça-feira da Câmara de Brusque

Vereadores apreciarão, em única discussão e votação, o projeto da lei orçamentária anual (LOA) do município para o ano de 2020

Outras notícias da semana

Polícia Civil prende homem por tráfico, posse de munição e com mandado em aberto

No início da tarde desta quarta-feira (25) policiais civis da Divisão de Investigação Criminal de Brusque, da Delegacia de Polícia da Comarca de Brusque...

Sintrivest recomenda às empresas o pagamento integral do 13º Salário

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Brusque e Região (Sintrivest) encaminhou nesta semana, um ofício a todas as empresas de contabilidade,...

COVID-19: Boletim epidemiológico de 27 de novembro

Brusque registrou nas últimas 24 horas 307 novos casos de Covid-19. Agora, a cidade conta com 8.692 pessoas que já contraíram a doença. Deste...

Telefones de Unidades de Saúde passam por manutenção

A Secretaria de Saúde informa que, devido à portabilidade das linhas telefônicas, os telefones das Unidades Básicas de Saúde dos bairros Volta Grande, Paquetá,...

A Câmara Municipal de Brusque realiza sessão ordinária nesta terça-feira, 3 de dezembro, a partir das 17h. Na Ordem do Dia, os vereadores apreciarão, em discussão e votação única, o Projeto de Lei Ordinária nº 68/2019, de origem executiva, que “estima a receita e fixa a despesa do município de Brusque para o exercício financeiro de 2020”.

Conforme o Regimento Interno da Câmara, restando tempo da reunião, os parlamentares ainda deliberarão sobre as seguintes matérias:

1) Em discussão e votação única, Projeto de Lei Ordinária nº 76/2019, de origem legislativa, que “Denomina via pública: rua Carlos Rudolf”;

2) Em discussão e votação única, Projeto de Lei Ordinária nº 79/2019, de origem legislativa, que “Denomina via pública: rua Libera Vasselai”;

3) Em discussão e votação única, Projeto de Lei Ordinária nº 83/2019, de origem legislativa, que “Denomina via pública: rua Estados Unidos”;

4) Em primeira discussão e votação, Projeto de Lei Complementar nº 09/2019, de origem legislativa, que “Acrescenta os §§ 5º, 6º e 7º ao art. 45 da Lei Complementar 138, de 23 de dezembro de 2008, que institui o Código de Parcelamento do Solo do Município de Brusque e dá outras providências”;

5) Em primeira discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 65/2019, de origem executiva, que “Altera a ementa, caput e inciso I do art. 1º, caput e inciso I do art. 5º, todos da Lei nº 3.353, de 17 de novembro de 2010, que instituiu o Programa de Adoção de Praças Públicas, Parques, Áreas Públicas de Caráter Esportivo ou Recreativo, áreas verdes e viveiros do Parque Zoobotânico de Brusque”;

6) Em primeira discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 66/2019, de origem executiva, que “Autoriza o Poder Executivo a conceder direito real de uso de bens imóveis municipais que especifica à Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brusque”;

7) Em primeira discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 70/2019, de origem executiva, que “Autoriza o Município de Brusque a celebrar acordo extrajudicial, que abaixo especifica”;

8) Em primeira discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 74/2019, de origem legislativa, que “Declara de Utilidade Pública a Associação Brusquense de Handebol”.

Lançamento de livro

Na primeira parte da reunião, o Poder Legislativo sediará o lançamento do livro “Flagelo da Malária em Brusque”. A obra, escrita pelo professor Aloisius Carlos Lauth, relata parte da biografia do padre Raulino Reitz. O autor, que organiza os festejos do centenário de nascimento do padre, será agraciado com uma distinção legislativa.  

De acordo com informações da Secom/Prefeitura de Brusque, o sacerdote foi um botânico visionário do século XX e com seu trabalho revolucionou as questões ambientais em Santa Catarina. Liderou a criação da Fundação do Meio Ambiente (Fatma) e fundou o Museu Arquidiocesano de Artes Sacras, no bairro Azambuja, em Brusque, entre outros feitos. Ele também realizou importantes estudos sobre a malária, sendo mundialmente reconhecido.  

O projeto cultural que deu origem livro “Flagelo da Malária em Brusque” foi contemplado com recursos do Fundo Municipal de Apoio à Cultura de Brusque (FMAC) em 2019. 

SourceRedação

Últimas postagens

COVID-19: Boletim epidemiológico de 28 de novembro

Brusque registrou nas últimas 24 horas 173 novos casos de Covid-19. Agora, a cidade conta com 8.865 pessoas que já contraíram a doença. Deste...

Brusque é goleado em casa pela Série C do Brasileiro

O Brusque FC foi massacrado pelo Volta Redondo em pleno estádio Augusto Bauer, na tarde deste sábado, 28, em jogo valido pela penúltima rodada...

Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano

 A exigência da prova de vida anual de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está suspensa até o fim do...

Homem fica ferido após tombamento de caminhão no bairro Limeira

Por volta das 19h30 de sábado, 27, o serviço de segurança da cidade atendeu um tombamento de caminhão na Rua José Walendowski, bairro Limeira....

Obituário de sábado 28 de novembro

Funerária Guabiruba Faleceu às 15h40 de sexta-feira, 27, Maria Marlene Mosimann, 59 anos, que morava na Rua Antônio Carminati, São Pedro. Corpo velado na capela...
Publicidade
WhatsApp chat