Tarde de Talentos do ISI e CECON encanta público pelo segundo ano consecutivo

Evento chegou à sua segunda edição com presença dos alunos, familiares, professores e demais profissionais da Apae Brusque

Outras notícias da semana

Caminhão guincho atinge poste na Rua Florianópolis

Um caminhão guincho atingiu um poste de energia elétrica, de grande porte, na madrugada desta sexta-feira, 27. A colisão provocou queda no fornecimento de...

Entidades realizam reuniões com oficial interventora do Registro de Imóveis e juiz corregedor para debater melhorias e celeridade nos processos

A última semana de novembro foi marcada por duas reuniões importantes na cidade de Brusque, em que o tema principal gerou em torno dos...

Hospital Azambuja firma parceria com Unimed Brusque para atendimento de clientes sintomáticos respiratórios

O Hospital Arquidiocesano Cônsul Carlos Renaux (Hospital Azambuja) firmou nesta semana, uma parceria com a Unimed Brusque, com o objetivo de atender os clientes...

Recadastramento de aposentados está suspenso até o fim do ano

 A exigência da prova de vida anual de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está suspensa até o fim do...

Cerca de 135 alunos do Instituto de Educação Santa Inês e do Centro de Convivência Ruth de Sá encantaram o público, em grande maioria formado por seus familiares, que participaram da segunda edição da Tarde de Talentos, promovida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque. As apresentações artísticas ocorreram na tarde do dia, 17 de dezembro, com presença dos usuários, familiares, professores e demais profissionais que atuam na entidade.

‘Magia de Natal’, ‘A Linda Flor’ e ‘Surpresa de Natal’ são três dos oito temas que levaram ao palco da quadra interna da Apae de Brusque os talentos da edição de 2019, que já ganhou lugar especial no calendário da entidade. Além de promover a integração entre as famílias, a Tarde de Talentos também proporcionou aos alunos o despertar para a arte, representada através da decoração e canções especiais da época de Natal.

Foram feitas apresentações em grupo, em família, e o evento contou também com roda de capoeira, o que garantiu a alegria dos alunos em se expressar para o público que aplaudia, antes e depois das apresentações.

Um dia de felicidade intensa

O presidente da entidade, Sebastião Ernani Poia, fez uma reflexão sobre a importância do dia para quem participa do evento, e lembrou que neste ano foram várias as oportunidades para se emocionar na sede da Apae. “Tivemos o cantor Carlos Magrão que veio nos prestigiar e visitar os alunos; houveram momentos de fé, com a presença de pastor e do padre no café de encerramento do Clube de Mães; além da presença do padre Diomar, que trouxe a Cruz Missionária. Ou seja: foram inúmeros momentos especiais com as famílias e com os alunos ao longo do ano. E o que nos deixa imensamente feliz é o que recebemos em troca, em poder estar aqui”, declarou Poia, que é voluntário da Apae há quase 20 anos.

O presidente também destaca a importância que cada profissional da instituição tem para que tudo ganhe vida e sentido. “Temos aqui mais de 50 professores, cedidos pelo Estado, 37 profissionais da instituição e todos eles são extremamente dedicados ao que fazem”, agradece Poia, que vê na Tarde de Talentos um dia de felicidade com diversos momentos especiais e inesquecíveis.

Inclusão é o principal ingrediente

A diretora das Unidades da Apae Brusque, Rose Ceratti Foletto, garante que os ingredientes que formaram a primeira edição da Tarde de Talentos, em 2018, continuam fazendo todo sentido para quem o organiza: trabalho em equipe, gosto pelo que se faz e o envolvimento de todos. “Todo mundo tem função no trabalho, todo aluno está participando e as professoras levam isso com muito carinho, respeito e dedicação. Percebemos que os usuários curtem o que estão fazendo e isso faz bem. São expressões, seja através do teatro, da música ou da dança e procuramos trabalhar isso com eles, que têm uma sensibilidade muito forte, principalmente pela música”, observa.

Para isso, a instituição pensou em cada detalhe na hora de preparar o evento, propondo aos alunos algo que os deixassem confortáveis para que o resultado no palco fosse somente prazer e alegria. “É uma junção de várias coisas: a época do ano, é olhar para o filho ou irmão desempenhando um papel que às vezes em casa não se vê, demostrando a capacidade que eles possuem”, destaca a diretora, que também pontua que a intenção das Apaes é aproximar a família do trabalho, engajar e estimular a participação.

Orgulho e emoção

“A tarde foi maravilhosa, de encontro com as famílias, eu amei o convite para estar aqui”, diz Salete Bunn Hames, que foi prestigiar a apresentação do irmão, Rafael Bunn, que estava radiante após descer do palco. E seu talento não se limita apenas ao palco. Rafael, que é aluno da Apae há 20 anos, também é apaixonado por capoeira e basquete, tanto que já foi premiado com medalha.

Após as apresentações, todos participaram de um delicioso café, preparado e servido pelas cozinheiras da Apae Brusque, com colaboração das famílias dos alunos.

Evento chegou à sua segunda edição com presença dos alunos, familiares, professores e demais profissionais da Apae Brusque. (Foto: Assessoria Apae Brusque / Divulgação)
Evento chegou à sua segunda edição com presença dos alunos, familiares, professores e demais profissionais da Apae Brusque. (Foto: Assessoria Apae Brusque / Divulgação)

Últimas postagens

Interligado – sorteio de 30 de novembro.

Chapa de Carnes da Golden Bier, aberta todos os dias a partir das 18 hs. Todas as segundas, quintas, sextas e sábados tem...

Brusque regista mais um óbito associado ao coronavírus

Brusque registrou neste domingo (29) mais um óbito associado à pandemia do coronavírus. É o de número 66. A nova vítima trata-se de um...

PRE registra acidente na rodovia Antônio Heil entre dois veículos

A Polícia Rodoviária Estadual foi acionada para um acidente por volta das 19h30 deste domingo, 29, na região do bairro Limoeiro. De acordo com a...
Publicidade
WhatsApp chat