Estudantes concluem Ensino Fundamental do SESI

Noite foi marcada por homenagens e celebração pela formatura de 48 estudantes

Outras notícias da semana

Duas turmas do ensino fundamental do SESI tiveram sua formatura realizada no auditório do Centro Empresarial (CESCB), na última quinta-feira (19). Um total de 48 estudantes participou da solenidade, que contou com homenagens para pais, professores e aos formandos.

Para o diretor executivo do SESI SENAI na região do Vale do Itajaí, Roberto Zen, mesmo que o foco seja a escolarização dos jovens, é gratificante perceber os reflexos dos trabalhos na formação de cidadãos, completando o ciclo de educação. Para ele, relatos dados pelos pais demonstram a excelência na metodologia.

“Talvez outros indicadores sejam importantes, como em índices nacionais, até para testar a qualidade pedagógica, mas quando se vê pessoas do bem falando que a escola consegue manter valores que são extensões da própria família, isso vem coroar o trabalho de toda a equipe de professores e colaboradores”.

Zen também ele falou sobre o Plano de Educação Vinte Trinta, que prevê uma mobilização de infraestrutura para ampliação de serviços em toda a cadeia escolar. Nele, Brusque aparece como um possível pólo de graduação em cerca de 10 anos.

FORMAÇÃO

A fonoaudióloga Lara Castilho, 45 anos, viu no SESI a melhor opção para que a filha Manuela Castilho Costa, 15 anos, fosse educada. Ela frequenta a unidade desde os cinco meses de idade. Segundo Lara, a escolha foi um processo natural, devido à credibilidade que ela percebe na instituição.

De acordo com ela, mesmo que a filha estude em outros locais no futuro, os valores adquiridos no SESI. Para marcar a conclusão da etapa, ela chegou a fazer um texto demonstrando a gratidão à metodologia adotada no local.

 “Eu estava comentando com meu marido, que vemos alguns qualidades em nossa filha e não sabemos se são nossas ou do SESI. Acreditamos muito na formação do ser humano e nos valores que o SESI passa.”

PENSANDO NO FUTURO

O casal Deivis Bonomini, 39, e Francine Cechin, 31, destacam a especialização de professores, metodologia e a cultura interna no desenvolvimento da filha Ana, 14. A relação da família com a escola também iniciou cedo, logo aos oito meses. Na época, pela facilidade de acesso.

Com o passar do tempo e a convivência, eles passaram a perceber também o convívio interno e o nível adotado como diferenciais e mantiveram a filha no local. Para a mãe, a qualidade de ensino e a infraestrutura disponível na escola também deve ajudar na busca pelo ensino superior.

Noite foi marcada por homenagens e celebração pela formatura de 48 estudantes. (Foto: Divulgação / SESI)
Noite foi marcada por homenagens e celebração pela formatura de 48 estudantes. (Foto: Divulgação / SESI)
Noite foi marcada por homenagens e celebração pela formatura de 48 estudantes. (Foto: Divulgação / SESI)
Noite foi marcada por homenagens e celebração pela formatura de 48 estudantes. (Foto: Divulgação / SESI)

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat