Colégio Unifebe retorna com atividades para o ano letivo 2020

Publicidade
Utilidade pública

O Colégio Unifebe retornou com as atividades, após o primeiro ano de funcionamento em 2019. O diretor do colégio, Claudemir Lopes, esteve ao vivo no Jornal da Diplomata para comentar os preparativos para o novo ano letivo.  

“Um dos grandes diferenciais do colégio é estar presente em uma estrutura constituída da Unifebe (que completou 47 anos nesta quarta-feira), então no período que os alunos estão no colégio, eles podem compartilhar com essa experiência através dos laboratórios e dos professores de graduação, envolvendo o estudante no seu planejamento futuro para a faculdade”, frisou Claudemir.

Claudemir Lopes
Diretor do Colégio Unifebe, Claudemir Lopes, ao Jornal da Diplomata.

Saiba mais na entrevista concedida ao Jornal da Diplomata.

Jornal da Diplomata.

O Colégio UNIFEBE atua de acordo com as modernas concepções educacionais e as novas ações pedagógicas. Tendo como objetivo assegurar o crescimento do estudante nas relações interpessoais e o desenvolvimento de uma consciência crítica que amplie sua visão de mundo.

Com uma postura transformadora, nosso intuito é proporcionar ao estudante do ensino Médio o contato ao ambiente universitário. Esta integração se dá por meio da iniciação científica, do acesso às pesquisas, aos laboratórios, aos espaços apropriados e pela participação em projetos de Extensão e de ações comunitárias.

A tecnologia é utilizada como meio para atuar no processo de construção do saber, que conduzirá os educandos a serem indivíduos presentes e atuantes em sociedade.

Proposta Pedagógica

A proposta pedagógica, que orienta as ações do Colégio UNIFEBE, está voltada à proposição de uma educação integral que contempla o desenvolvimento social, afetivo e cognitivo do indivíduo como cidadão.

As atividades pedagógicas se articulam por meio dos componentes curriculares trabalhados na escola e dos aspectos sociais cotidianos, a fim de qualificar as relações humanas e a aprendizagem dos conhecimentos científicos mais recentes e pertinentes a essa etapa da formação.

A preocupação central é uma aprendizagem qualitativa, robusta e que acompanha as últimas produções científicas, sem perder a perspectiva humanista e a dinâmica da vida social. Essa perspectiva procura alimentar a preocupação com o desenvolvimento cognitivo, crítico e afetivo.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Confira o boletim epidemiológico desta terça-feira (27)

Nas últimas 24 horas, 45 novos casos da doença foram registrados em Brusque São 27.546 os casos confirmados de Covid-19...
Publicidade
WhatsApp chat