Prefeituras de Guabiruba e Botuverá entram em acordo com Hospital de Azambuja

Publicidade
Utilidade pública

A reivindicação do Hospital de Azambuja às prefeituras de Guabiruba e Botuverá por um repasse mensal foi tema de uma reunião realizada na tarde desta quinta-feira, 23, no gabinete do prefeito Matias Kohler.


Com ele, representando o município, acompanharam o encontro o vice-prefeito Valmir Zirke, a secretária de Saúde de Guabiruba, Patrícia Heiderscheidt, a secretária de Administração e Finanças de Guabiruba Aline Zem e a procuradora-geral do município Brunelle Stedile de Assis. Estiveram presentes ainda o prefeito de Botuverá, Nene Colombi, a secretária de Saúde de Botuverá Marcia Cansian, o administrador e o advogado do hospital, Evandro Roza e Juarez Piva, além de representantes da diretoria e do corpo clínico do Azambuja.


Conforme explica o prefeito Matias Kohler, atualmente não é feito nenhum repasse por parte das prefeituras para o Hospital de Azambuja, que tem o custeio do atendimento público financiado diretamente pelo Governo Federal conforme preconizam as normas do SUS.


As prefeituras reconhecem que os valores repassados pela União estão defasados e não cobrem os custos de atendimento aos pacientes de Guabiruba e Botuverá. A reunião teve o objetivo de encontrar caminhos para que as administrações municipais possam oferecer esse aporte. “É preciso buscar meios legais para corrigir o problema, já que um repasse direto não é permitido no momento pela legislação”, afirma Kohler.


Uma das formas encontradas foi através da compra de serviços a serem oferecidos pelo hospital às prefeituras de Guabiruba e Botuverá. Essa negociação ainda precisa passar por acertos técnicos e se dará através do CISAMVI (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Vale do Itajaí). O consórcio é responsável por ajudar os municípios da região na gestão integrada da saúde.


O próximo passo será promover um encontro entre os representantes das prefeituras de Guabiruba, Botuverá e Brusque juntamente com os técnicos do CISAMVI para ajustar os detalhes e definir legalmente quais os procedimentos a serem tomados. O convite a Brusque se dará a fim de buscar um maior equilíbrio entre os repasses a serem realizados pelos três municípios que são atendidos pelo hospital.

Publicidade
Últimas notícias

Prefeitura esclarece que segue as orientações da Câmara Técnica do Estado sobre suspensão das vacinas em adolescentes

Em relação a orientação do Ministério da Saúde para que sejam suspensas as vacinas em adolescentes de 12 a...
Publicidade
WhatsApp chat