Ivan Martins e Leo Schmitz, e bloco governista, vencem eleição à presidência da Câmara

Publicidade
Utilidade pública

Por 9 votos a 6, Ivan Martins foi eleito o novo presidente da Câmara de Brusque para o último ano da atual legislatura. Ivan, ao lado do vereador Leonardo Schmitz, vice-presidente da casa, compôs a chapa 1, correspondente à base de situação (apoio) ao governo municipal.

Acompanhe a eleição na íntegra.

A chapa 2 foi formada pelos vereadores Sebastião Lima e Marcos Deichmann, candidatos a presidente e vice-presidente do legislativo, respectivamente.

O bloco de oposição chegou a indicar Ana Helena Boos como cabeça de chapa, mas, em comum acordo, Ana retirou o nome, para honrar um antigo acordo do grupo. Dessa forma, Gerson Luís Morelli, o Keka, permanece na mesa-diretora como primeiro-secretário, por não ter renunciado para concorrer ao pleito interno.

Vereadores reunidos na mesa-diretora em sessão marcada pela eleição da nova presidência (Foto: Juliane Ferreira/Diplomata FM).
Vereadores reunidos na mesa-diretora em sessão marcada pela eleição da nova presidência (Foto: Diplomata FM).

Em meio as candidaturas, Keka, foi um personagem à parte, que conduziu silenciosamente o processo de eleição, sem tecer qualquer comentário na sessão, em sua possível luta pela presidência, desde o epicentro do debate no final do ano legislativo de 2019 – mesmo atacado na tribuna ferozmente pelos vereadores desafetos com a sua postura a frente do litigioso processo em disputa de forças entre situação e oposição.

Vereador Keka durante sessão em que conduziu a conturbada sessão à presidência da Câmara (Foto: Juliane Ferreira/Diplomata FM).
Vereador Keka durante sessão em que conduziu a conturbada sessão à presidência da Câmara (Foto: Diplomata FM).

“Magoado a gente fica, acho que não preciso dar resposta sobre isso, todo mundo sabe que não sou mau-caráter, sou professor há mais de 30 anos, não preciso falar sobre isso, todo mundo sabe quem é mau-caráter e quem não é; fica essa reflexão se vale à pena continuar nessa batalha”, comentou exclusivamente ao Jornal da Diplomata.

Acompanhe a entrevista com o vereador Keka.

Vereador Keka fala ao Jornal da Diplomata.

Um imbróglio político dessa natureza não acontecia desde meados da década de 90, pelos acordos cumpridos dentro dos limites que circundam naturalmente os bastidores políticos.

Para Ivan Martins, todas as eleições à presidência são tumultuadas, no entanto, o episódio dessa legislatura ficará marcado pelo episódio inédito da não convocação.

Sobre o embate com o vereador Keka, Ivan diz que não retira nada do que foi dito e considera que toda a confusão foi causada pelo próprio vereador de oposição.

Ivan Martins e Leo Schmitz após a vitória da eleição à presidência da Câmara (Foto: Diplomata FM).

“Tudo que fizemos e nós dissemos e mantemos na íntegra – não mudamos uma palavra, mesmo porque quem provocou essa situação foi o vereador Keka, se ele tivesse agido da forma que ele apalavrou nada disso que teria acontecido, o que penso dele já disse e acho que levar essa situação como um exemplo, pensar muito no que faz e não tomar medidas antecipadas para se arrepender posteriormente”.

Vereador Ivan Martins em entrevista ao Jornal da Diplomata.

“Participei de uma imensidade de eleição à mesa-diretora e todas são tumultuadas, embora ocorreu um fato inédito pela não convocação. Hoje o problema foi sanado, nosso grupo está cada vez mais unido e mais forte, dando o suporte que a administração precisa e nos comprometemos. A nossa função é conduzir com total imparcialidade, sem distinção de cores partidárias, bloco de situação/oposição, vamos respeitar todos”, frisou Ivan.

Acompanhe a entrevista

Vereador Ivan Martins ao Jornal da Diplomata.

Chapa 1: Ivan Martins e Leo Schimitz; Celso Emydio, Cleiton Bittelbrum, Deivis da Silva, Jean Pirola, Joaqui Costa – Manico e José Zancanaro

Chapa 2: Sebastião Lima e Marcos Deichmann; Ana Helena Boos, Claudemir Duarte – Tuta; Gerson Morelli – Keka e Paulo Sestrem.

Mesa-Diretora: Ivan Martins (Presidente); Leonardo Schmitz (Vice-presidente); Gerson Morelli (1º Secretário), Cleiton Bittelbrunn (2º Secretário).

Sessão marcada pela eleição à nova presidência foi prestigiada por lideranças políticas e a comunidade em geral (Foto: Diplomata FM).
Sessão marcada pela eleição à nova presidência foi prestigiada por lideranças políticas e a comunidade em geral (Foto: Diplomata FM).

Demandas

O novo presidente Ivan Martins comentou sobre o pedido de cassação envolvendo o vereador Paulo Sestrem, frente à polêmica com o governo municipal no caso da unidade de saúde avançada do bairro Santa Terezinha – luta travada nas redes sociais durante o período do recesso.

“Precisa passar pelo corregedor que vai analisar se existe subidídio – caso seja decidido virá a mesa-diretora que passará pelos ritos normais da nossa lei orgânica”, frisou.

Primeira sessão ordinária do legislativo de Brusque em 2020, último ano da atual legislatura (Foto: Diplomata FM).

Sobre instalação da CPI das Cestas Básicas, encabeçada pelo vereador Marcos Deichmann, Ivan comentou que deverá dar prosseguimento quando os nomes forem indicados

“A partir que tiver todos os nomes nós vamos instalar imediatamente, penso que CPI não pode ficar parada, é um direito do vereador e obrigação do presidente colocar em movimento; não ficará parada, vamos tocar para a frente”, comentou.  

Acompanhe a sessão na íntegra.

Reportagem com participação de Juliane Ferreira.

Publicidade
Últimas notícias

Prefeito Ari Vequi fala sobre obras planejadas após ocorrências das chuvas em Brusque

O Prefeito de Brusque, Ari Vequi, esteve ao vivo no Jornal Diplomata, 14. Em destaque, o trabalho do poder...
Publicidade
WhatsApp chat