MPSC recomenda à Polícia Militar para que evite realização de carreatas

Outras notícias da semana

Vizinhos apagam princípio de incêndio em residência no Bateas

O Corpo de Bombeiros foi mobilizado para combater um incêndio em residência, por volta das 11h desta terça-feira, 24. O sinistro foi registrado na...

Principais acidentes atendidos pelo Corpo de Bombeiros

Próximo às 10h10 de sábado, 21, uma guarnição do Corpo de Bombeiros de Brusque deslocou-se até a rua Carlos Ristow no Centro de Brusque...

Seis atletas e membros da diretoria do Brusque testam positivo para Covid-19

No início da tarde desta quinta-feira (19), o Brusque Futebol Clube recebeu os resultados dos novos testes da Covid-19. Os atletas Eliomar, Escuro, Gustavo Henrique,...

Operação prende dois irmãos em Brusque: um com mandado de prisão por roubo e outro por posse de arma de fogo

No início da tarde desta quinta-feira, 19, policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque e da Delegacia de Polícia da Comarca...

A partir de mensagens veiculadas em redes sociais convidando a população para participar de carreatas, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) elaborou uma minuta de recomendação às Polícias Militar e Civil de Santa Catarina que poderá ser utilizada por Promotores de Justiça quando oportuno.

A minuta prevê que sejam adotadas todas as providências necessárias para evitar a realização de carreatas e, com isso, a propagação do novo Coronavírus no estado.

 O documento recomenda, ainda, que os responsáveis pelos eventos sejam identificados a fim de que a Polícia Judiciária e o Ministério Público possam dar início a uma ação penal pública.

Desobediência, infração de medidas sanitárias e a causa de epidemia mediante a propagação de germes patogênicos estão entre os tipos penais que podem ser caracterizados.

A recomendação considera a publicação, pelo Governo do Estado de Santa Catarina, dos Decretos n. 525/2020 e n. 534/2020, que dão continuidade à adoção progressiva de medidas de prevenção e combate ao contágio pelo novo Coronavírus em Santa Catarina.

Com os decretos, continuam suspensos os eventos e as reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, bem como a concentração e a permanência de pessoas em espaços públicos de uso coletivo.

 Como instituição responsável por salvaguardar o regime democrático e os interesses sociais e individuais indisponíveis, o MP catarinense, por meio da atuação proativa, efetiva, preventiva e resolutiva, respeitando as competências constitucionais, mantém-se vigilante.

Entende que avaliação do cenário epidemiológico do Estado de Santa Catarina em relação à infecção pelo novo Coronavírus, bem como a identificação de transmissão comunitária em franca expansão pelo estado, culminam na necessidade de restrição drástica da circulação de pessoas.

Últimas postagens

Interligado – sorteio de 25 de novembro.

Pizza grande 3 sabores (tradicionais) da Ramalhone Pizzaria, 100% Delivery entregue na sua casa. Ramalhone mais que uma pizza, uma verdadeira experiência...

Nova matriz de risco classifica 13 regiões com nível gravíssimo em SC

A atualização do risco potencial das regiões do estado segue no mapa divulgado pelo Governo do Estado. Todas as regiões do estado estão em...

Vizinhos apagam princípio de incêndio em residência no Bateas

O Corpo de Bombeiros foi mobilizado para combater um incêndio em residência, por volta das 11h desta terça-feira, 24. O sinistro foi registrado na...
Publicidade
WhatsApp chat