Advogada representante da OAB/Brusque fala sobre quadro de violência doméstica durante o tempo de pandemia

A forma de violência merece especial atenção, este tipo de agressão ocorre muitas vezes de forma invisível e insidiosa, principalmente por se dar na esfera privada e doméstica.

Publicidade
Utilidade pública

Na manhã desta segunda-feira, 11, o Jornal da Diplomata ouviu Dra. Cristiana Melo Martiniuk Guérios, advogada presidente da Comissão da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/Brusque) que discorreu sobre os números envolvendo a violência doméstica durante o período de confinamento em decorrência da pandemia do coronavírus (Covid-19). 

A forma de violência merece especial atenção, este tipo de agressão ocorre muitas vezes de forma invisível e insidiosa, principalmente por se dar na esfera privada e doméstica.

Participação no Jornal da Diplomata da Dra. Cristiana da OAB/Brusque.

A fuga da situação de violência torna-se ainda mais difícil, por conta da restrição de serviços e de movimentação na quarentena, pela possível diminuição de renda, e pela própria convivência diária e ininterrupta com o agressor.

No Brasil, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos constatou alta de quase 9% nas denúncias realizadas no Disque 180, destinado a denúncias de violência doméstica.

Ouça entrevista concedida pela Dra. Cristiana a Sérgio Ferreira na edição desta segunda-feira do Jornal da Diplomata.

Áudio completo da entrevista com Dra. Cristiana.
Publicidade
Últimas notícias

Polícia localiza cão que havia sido levado de frente de residência, em Guabiruba

A Polícia Militar de Guabiruba atendeu uma ocorrência na manhã desta terça-feira (11), onde um cachorro havia sido levado...
Publicidade
WhatsApp chat