Advogada representante da OAB/Brusque fala sobre quadro de violência doméstica durante o tempo de pandemia

A forma de violência merece especial atenção, este tipo de agressão ocorre muitas vezes de forma invisível e insidiosa, principalmente por se dar na esfera privada e doméstica.

Publicidade
Utilidade pública

Na manhã desta segunda-feira, 11, o Jornal da Diplomata ouviu Dra. Cristiana Melo Martiniuk Guérios, advogada presidente da Comissão da Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/Brusque) que discorreu sobre os números envolvendo a violência doméstica durante o período de confinamento em decorrência da pandemia do coronavírus (Covid-19). 

A forma de violência merece especial atenção, este tipo de agressão ocorre muitas vezes de forma invisível e insidiosa, principalmente por se dar na esfera privada e doméstica.

Participação no Jornal da Diplomata da Dra. Cristiana da OAB/Brusque.

A fuga da situação de violência torna-se ainda mais difícil, por conta da restrição de serviços e de movimentação na quarentena, pela possível diminuição de renda, e pela própria convivência diária e ininterrupta com o agressor.

No Brasil, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos constatou alta de quase 9% nas denúncias realizadas no Disque 180, destinado a denúncias de violência doméstica.

Ouça entrevista concedida pela Dra. Cristiana a Sérgio Ferreira na edição desta segunda-feira do Jornal da Diplomata.

Áudio completo da entrevista com Dra. Cristiana.
Publicidade
Últimas notícias

Nota da Defesa Civil alerta para frio intenso na próxima semana

Defesa Civil divulgou nesta sexta-feira, 23, uma nota meteorológica sobre mudança das condições climáticas de tempo e onda de...
Publicidade
WhatsApp chat