Diretor-geral de Turismo avalia impacto do coronavírus

O principal evento cancelado até o momento é a Fenajeep, que atrai milhares de turistas ao município

Publicidade
Utilidade pública

Somente o Pavilhão da Fenarreco já teve cerca de 20 eventos cancelados até o momento em razão da pandemia do novo coronavírus. Conforme avalia o diretor-geral de Turismo de Brusque, Sergio Kunitz, o setor será um dos últimos a se recuperar dos efeitos da Covid-19.

Ele destaca que os eventos cancelados impactam diretamente na economia do município e na própria manutenção do espaço do Pavilhão da Fenarraco. “O impacto foi realmente avassalador, pois temos regulamentação para o uso do pavilhão que prevê cobranças de valores conforme o uso do local e quantidade de dias”, explica.

O principal evento cancelado até o momento é a Fenajeep, que atrai milhares de turistas ao município. Eventos privados, como a Pronegócio, não chegaram a ser cancelados, mas tiveram que ser adaptados para plataformas online. Já o Festival da Cuca será realizado pelo núcleo de panificadoras da ACIBr, mas com modelo diferente, feito por cada panificadora.

Ainda não há uma definição sobre o futuro da Fenarreco. “Alguns eventos estamos tentando realocar, trocar a data, mas, infelizmente, muitos já foram cancelados, como o Brusque Motorcycle e a Festa da Linguiça (WustFest). Tínhamos um ano bastante promissor, com a utilização do pavilhão praticamente em todas as datas. Agora, seguimos reavaliando o futuro, que depende muito da evolução da pandemia”, finaliza Kunitz.

Publicidade
Últimas notícias

Brusque FC enfrenta o Vila Nova neste domingo, 24, no Augusto Bauer

O Brusque FC poderá contar com a sua torcida na partida contra o Vila Nova, neste domingo, 24, às...
Publicidade
WhatsApp chat