FGTS: calendário do saque emergencial vai de junho até novembro

Outras notícias da semana

Vacinas contra Covid-19 já estão em Brusque

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Saúde, informa que as 1.096 doses da vacina CoronaVac disponibilizadas para o município, neste primeiro...

UNIFEBE contrata estagiários para atuar no IGP e IML de Brusque

O Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE) está com processo seletivo em aberto para contratação de estagiários, para atuar no Instituto Médico Legal (IML) e...

Dois homens são detidos por suspeita de tráfico de drogas

Dois homens foram detidos pela Polícia Militar na noite deste sábado, 16, no bairro Centro. Na abordagem veicular realizada pelo PPT foi localizado aproximadamente...

Covid-19: Confira o boletim epidemiológico desta sexta-feira (15)

O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta sexta-feira (15), aponta que Brusque tem 14.755 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 74...

O pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começará no fim de junho e irá até o meio de novembro. As datas serão organizadas de acordo com o mês de nascimento dos beneficiados. De acordo com a estimativa da Caixa, 60 milhões de pessoas receberão, cada uma, R$ 1.045 em todo o país.

O cronograma foi anunciado hoje (13) em entrevista coletiva virtual concedida pelo presidente do banco, Pedro Guimarães. O anúncio havia sido feito em abril pele equipe econômica do governo federal.

O processo envolverá dois calendários: um de crédito em conta e outro de saque. O primeiro procedimento será realizado semanalmente, às segundas-feiras, começando no dia 29 de junho e indo até 21 de setembro. A exceção será o dia 8 de setembro, terça-feira, em função do feriado da independência.

O crédito será encaminhado a contas da Caixa que serão abertas para pessoas e podem ser acessadas pelo app CaixaTem. Com essa ferramenta, a pessoa não poderá sacar imediatamente ou fazer transferência, podendo pagar contas, realizar compras pela internet e efetuar pagamentos em até 9 milhões de estabelecimentos utilizando a tecnologia de QR Code.

Já os saques serão liberados aos sábados a partir do dia 25 de julho. A partir de 17 de outubro, eles serão autorizados de 15 em 15 dias. Nos dois casos, as datas avançam conforme o mês de nascimento do beneficiário. O calendário detalhado será publicado no site da Caixa.

Os saques poderão ser feitos em postos de autoatendimento da Caixa e em lotéricas. Também será possível a partir desta data realizar transferências para outras contas da Caixa ou de outros bancos. Guimarães argumentou que o impedimento da transferência logo quando do envio do crédito visou evitar aglomerações de pessoa que repassavam o dinheiro para outras contas e iam retirá-lo.

Mês de aniversário Dia do depósito
Janeiro  29/06
Fevereiro  06/07
Março  13/07
Abril  20/07
Maio  27/07
Junho  03/08
Julho  10/08
Agosto  24/08
Setembro  31/08
Outubro  08/09
Novembro  14/09
Dezembro  21/09

>> Disponível para saques e transferências

Mês de aniversário Dia da liberação
Janeiro  25/07
Fevereiro  08/08
Março  22/08
Abril  05/09
Maio  19/09
Junho  03/10
Julho  17/10
Agosto  17/10
Setembro  31/10
Outubro  31/10
Novembro  14/11
Dezembro  14/11

Perguntado sobre o tempo para início do pagamento, o presidente da Caixa justificou o cronograma pela necessidade de planejar os procedimentos. “Em nenhum momento se falou em pagar todos na segunda-feira. O que se falou com começar o calendário e o pagamento. Estamos fazendo de forma digital de forma mais acelerada do que o saque imediato. Vamos começar no dia 29 porque precisamos abrir as contas digitais, que são 60 milhões e você não abre isso da noite para o dia. É uma base de dados muito grande”, afirmou.

Todos com saldo de FGTS têm direito ao benefício. Contudo, há um limite para o saque. Se a pessoa tem menos do que R$ 1045 de saldo, poderá apenas retirar o que estiver na sua conta. Quem não desejar receber o recurso deve notificar este desejo por meio do App do FGTS, até 10 dias antes do crédito. Se o correntista não fizer nada e não mexer no dinheiro, ele será devolvido à conta do FGTS após o fim de novembro.

A conta poupança digital aberta não envolve a cobrança de tarifa. Mas a movimentação nela tem o limite de até R$ 5 mil. No total, serão movimentados R$ 37,8 bilhões na disponibilização dos recursos para o saque emergencial.

Últimas postagens

Técnica de Enfermagem é a primeira colaboradora do Hospital Imigrantes a receber a vacina da Covid-19

Às 16h15 desta terça-feira, 19 de janeiro de 2021, aconteceu o momento mais esperado dos últimos meses: o início da vacinação contra a Covid-19...

Endorfina – sorteio de 19 de janeiro de 2020.

Terrário com suculentas da Barni Garden Center. Comece o ano renovando as flores e plantas da sua casa com a Barni. Visita a Barni...

Vacinas contra Covid-19 já estão em Brusque

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Saúde, informa que as 1.096 doses da vacina CoronaVac disponibilizadas para o município, neste primeiro...

Equipe da Secretaria de Saúde busca vacinas em Blumenau (SC)

No início da tarde desta terça-feira (19), membros do Comitê Gestor da Secretaria de Saúde de Brusque, criado para gerir o Plano de Contingência...
Publicidade
WhatsApp chat