Defesa Civil e Assistência Social reforçam pedido de atenção devido ao período de frio intenso

A partir dessa quarta-feira (01), a expectativa é de frio intenso em todo estado, tendo em vista a atuação de uma massa de ar polar que pode permanecer até sábado (4)

Outras notícias da semana

A Defesa Civil de Brusque e a Secretaria de Assistência Social e Habitação estão reforçando a atenção durante o frio intenso, que chegou a ocasionar um ciclone em virtude de fortes rajadas de vento durante a tarde de terça-feira (30).

Conforme a Defesa Civil, a previsão segue para grande volume de chuva, frio e ventos fortes nos próximos dias. A partir dessa quarta-feira (01), a expectativa é de frio intenso em todo estado, tendo em vista a atuação de uma massa de ar polar que pode permanecer até sábado (4). Há possibilidade de geada e temperaturas abaixo dos 10 graus célsius. A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Brusque, vem, inclusive, divulgado avisos meteorológicos frequentes que podem ser consultados no site e nas redes sociais.

Recomendações

Para o frio
Deve-se ter atenção com a população mais vulnerável (idosos, crianças, enfermos e moradores em situação de rua), os animais domésticos devem ser abrigados nas noites mais frias. É importante se agasalhar bem e beber bastante água. Se possível evite locais fechados ou com aglomeração de pessoas e mantenha sempre a higienização das mãos.

Tempestade
Para os casos de tempestade, a recomendação é que os cidadãos se protejam em local abrigado, longe de placas, árvores, postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, a orientação é agachar-se com os pés juntos, a cabeça encostada no peito ou entre os joelhos, e as mãos cobrindo as orelhas ou apoiadas nos joelhos. Se estiver na praia, jamais se deve ficar na água. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, é importante que sejam desligados os aparelhos eletrônicos e que não se utilize o telefone. Também é recomendado ficar longe das janelas.

Nos casos de alagamento é importante evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Também evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e ter cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, por meio dos telefones 199, 3396-7413, 3396-7659 ou 98873-1843.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat