CPI da Cosip encerra a primeira fase de oitivas com três novos depoimentos

Outras notícias da semana

Operação prende dois irmãos em Brusque: um com mandado de prisão por roubo e outro por posse de arma de fogo

No início da tarde desta quinta-feira, 19, policiais civis da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Brusque e da Delegacia de Polícia da Comarca...

Aposta de Ribeirão Preto acerta as seis dezenas da Mega-Sena

Uma aposta de Ribeirão (SP) acertou as seis dezenas da Mega-Sena e vai receber o prêmio de R$ 76.128.023,58 milhões. O sorteio foi realizado no...

Covid-19: Confira o boletim epidemiológico desta quinta-feira (19)

A cidade de Brusque registrou 122 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Agora são 7.262 casos confirmados, sendo que 6.755 são considerados...

Polícia Militar aborda veículo e apreende drogas e munições

A Polícia Militar apreendeu drogas e munições durante abordagem de um veículo na rodovia Antônio Heil, por volta das 18h40, nas imediações do bairro...

A CPI da Cosip realizou na tarde desta terça-feira, 22 de setembro, a segunda sessão da primeira fase de oitivas previstas em seu cronograma de atividades. A comissão parlamentar de inquérito apura se houve uso indevido de recursos da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip) na compra de decoração natalina, pela Prefeitura de Brusque, em 2017 e 2018. Foram interrogados, nesta data, a diretora de licitações e contratos do órgão, Christiane dos Santos da Silva, o contador Cristiano Bittencourt e o diretor geral da Controladoria-Geral do Município, Daniel Felício.

Nesta etapa dos trabalhos, a convocação de testemunhas visa colher subsídios que possam contribuir com a investigação legislativa. Dentre as informações fornecidas em depoimento, está a de que, em anos anteriores aos analisados pela comissão, como de 2012 a 2014, recursos da Cosip também teriam sido empregados com a mesma finalidade.

Integram a CPI a vereadora Ana Helena Boos (PP), como presidente, e os vereadores Cleiton Luiz Bittelbrunn (DEM), na função de relator, Deivis da Silva (MDB), Gerson Luís Morelli, o Keka (Podemos), e Sebastião Alexandre I. de Lima, o Dr. Lima (PL).

Eles querem, agora, que o Poder Executivo disponibilize à Câmara cópias de uma série de documentos relativos ao período compreendido entre 2012 e 2016: memorandos de licitação; pareceres contábeis e jurídicos; pareceres do Controle Interno, caso existam; portarias que nomearam pregoeiros e fiscais de contratos; notas de empenho; ordens de compra; e notas fiscais referentes a compras e contratações de decoração de Natal. O pedido ainda precisa ser oficialmente encaminhado à Prefeitura.

Últimas postagens

Telefones de Unidades de Saúde passam por manutenção

A Secretaria de Saúde informa que, devido à portabilidade das linhas telefônicas, os telefones das Unidades Básicas de Saúde dos bairros Volta Grande, Paquetá,...

Endorfina – Resultado de 24 de novembro de 2020

Buquê Mix de flores da Barni Garden. Toda semana recebendo flores frescas pra você presentear e homenagear as pessoas que você ama. Barni...

Interligado – resultado sorteio de 24 de novembro.

Pizza Grande sabores tradicionais da Pizzaria D’Itália (retirada no balcão).Ganhadora: Cassia Schmidt

Brusque registra mais um óbito por covid-19; mulher de 73 anos

A cidade Brusque registrou na manhã desta quarta-feira (24) o óbito de número 61, associado ao Coronavírus. Trata-se de uma mulher de 73 anos,...
Publicidade
WhatsApp chat