Governo lança Campanha Nacional de Multivacinação

A prioridade será a prevenção do sarampo e da poliomielite

Outras notícias da semana

Justiça condena investigados na “Operação Peixe Branco”

A Vara Criminal da Comarca de Brusque, condenou sete pessoas investigadas e presas pela Divisão de Investigação Criminal de Brusque pela prática dos crimes...

Estudantes fazem hoje primeira prova do Enem 2020

Milhões de estudantes de todo o país fazem hoje (17) a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Os portões serão...

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza, neste domingo (16), em Brasília, reunião extraordinária de sua diretoria colegiada, formada por cinco integrantes, para...

Covid-19: Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (13) informa dois óbitos e cem novos casos

Nas últimas 24 horas foram registrados 100 novos casos de Covid-19 e dois óbitos O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (13), aponta que Brusque...

O governo federal lançou hoje (2) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação, com foco na atualização das cadernetas de crianças e adolescentes e na vacinação de crianças contra a poliomielite. A mobilização começa na próxima segunda-feira (5) e vai até 30 de outubro. O objetivo é imunizar mais de 11,2 milhões de pessoas e conscientizar a população sobre a importância da vacina para a proteção contra diversas doenças.

O público-alvo da campanha contra poliomielite são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que devem receber a Vacina Oral de Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses da Vacina Inativada de Poliomielite (VIP), do esquema básico de vacinação. Crianças menores de 1 ano (de 29 dias até 11 meses) deverão ser vacinadas seletivamente com a VIP, conforme as indicações do calendário nacional de vacinação.

O secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, destacou que, com essa mobilização, o Brasil reafirma seu compromisso internacional em manter o Brasil livre da poliomielite. Desde 1990, o país não detecta casos da doença e, em 1994, recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) a certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem. No cenário internacional, hoje existem dois países endêmicos para a doença: Paquistão e Afeganistão.

Crianças e adolescentes menores de 15 anos não vacinados ou com esquemas incompletos também devem comparecer aos postos de vacinação. A meta do Ministério da Saúde é alcançar, pelo menos, 95% do público-alvo.

Vacina Brasil

Medeiros explicou ainda que a campanha faz parte do movimento Vacina Brasil. “O objetivo é resgatar o sentimento de segurança, orgulho e comprometimento de pais e responsáveis em relação à saúde dos seus filhos”, explicou durante o lançamento da campanha, realizada na sede do ministério em Brasília.

Últimas postagens

Primeiro lote da CoronaVac em Brusque (1.096 doses) começa a ser aplicado nos profissionais da saúde

Na tarde desta terça-feira, 19, Walter Orthmann, 98 anos, detentor do título de funcionário com maior tempo de atividade em uma empresa, pelo Guiness...

Guabiruba aplica primeiras doses da vacina da Covid-19

Na tarde desta terça-feira, 19, as doses da vacina Coronavac chegaram em Guabiruba. Inicialmente foram cotadas 56 unidades para o município, porém, a Secretaria...

Técnica de Enfermagem é a primeira colaboradora do Hospital Imigrantes a receber a vacina da Covid-19

Às 16h15 desta terça-feira, 19 de janeiro de 2021, aconteceu o momento mais esperado dos últimos meses: o início da vacinação contra a Covid-19...

Endorfina – Resultado de 19 de janeiro de 2020.

Terrário com suculentas da Barni Garden Center. Comece o ano renovando as flores e plantas da sua casa com a Barni. Visita a Barni...

Vacinas contra Covid-19 já estão em Brusque

A Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Saúde, informa que as 1.096 doses da vacina CoronaVac disponibilizadas para o município, neste primeiro...
Publicidade
WhatsApp chat