Apae de Brusque recebe visita da presidente do Instituto Guga Kuerten

Alice Kuerten conferiu a conclusão de um dos projetos do IGK que contemplou a instituição brusquense

Outras notícias da semana

Policial militar é vítima de injúria racial durante atendimento de ocorrência

Na quinta-feira, 18, por volta das 16h32, a Polícia Militar (PM) em Brusque, atendeu uma ocorrência de ameaça, na rua Ernesto Contesini, no bairro...

Rede de Vizinhos – PM abre duas novas células

Na quinta-feira, 19, policiais do 18º Batalhão de Polícia Militar (18BPM) implementaram mais duas células da Rede de Vizinhos. Agora, os moradores do Bairro Nova...

Brusque vence clássico do Vale e estreia com três pontos no Catarinense

Na quarta-feira (24), o Brusque FC enfrentou o Marcílio Dias, no estádio Dr. Hercílio Luz, pela primeira rodada do Campeonato Catarinense. No início da partida,...

Colégio Unifebe realiza projeto para desenvolver competências empreendedoras

Desenvolver competências empreendedoras para que os estudantes se tornem protagonistas do seu próprio futuro é o principal objetivo do projeto interdisciplinar, criado pelo Colégio...

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque recebeu na tarde de segunda-feira, 26 de outubro, a visita da diretora presidente do Instituto Guga Kuerten (IGK), Alice Kuerten. Na oportunidade além de visitar a instituição brusquense, Alice conheceu o resultado de um dos projetos do XVIII Fundo de Apoio a Projetos Sociais (Faps) do IGK que beneficiou a Apae de Brusque, no valor de R$ 18 mil, com uma nova estrutura em móveis para a cozinha da associação. Durante a visita também foi realizada a entrega da placa inaugural do projeto.  

Projetos

Esta é a terceira vez que a Apae de Brusque é contemplada com um projeto do IGK. A primeira foi em 2003, com recursos para aquisição de um Imitanciômetro, aparelho utilizado no monitoramento auditivo. A segunda foi em 2014, para a reforma da despensa da cozinha e, desta vez, para substituição dos móveis da cozinha (balcão, bancada e armário). “Sou brusquense de criação e estou muito feliz de estar aqui, de ver o crescimento e a manutenção da Apae de Brusque. Hoje já estamos em 187 municípios de Santa Catarina, com 520 projetos. Já contemplamos por duas vezes diversas entidades do Estado e estamos pela terceira vez percorrendo as cidades e realizando novos projetos. Nos sentimos muito orgulhosos em poder realizar mais uma ação e agradeço aos nossos parceiros, pois sem eles isso não seria possível de ser realizado”, comentou Alice.

Diretores da APAE/Brusque recepcionando Alice Kuerten do IGK. (Imagem: Assessoria APAE/Brusque).

Além dos investimentos na estrutura física, o IGK também está proporcionando diversas capacitações nas áreas de gestão e pedagogia aos profissionais que atuam em diversas entidades do Estado. Temas como: liderança, envelhecimento da pessoa com deficiência intelectual, o papel pedagógico na estimulação precoce, entre outros, estão sendo realizados por especialistas em palestras on-line, para profissionais de gestão da Apae, que irão multiplicar estes conteúdos para a equipe.

“Esperamos voltar outras vezes aqui e poder ver a evolução de todos os lugares que visitamos. A cidade de Brusque é sempre muito parceira. A entidade merece e esperamos cada vez mais lutar pela pessoa com deficiência nesse mundo tão contraditório”, completou Alice.

Aproximação

A visita foi acompanhada pelo coordenador logístico do IGK, Perseu Trilha Lehmmkuhl; pelo  diretor presidente da Apae de Brusque, Renato Roda; pelo integrante dos Conselhos Administrativo e Consultivo da associação, Márcio Belli; e pela diretora executiva da entidade, Rosecler Ceratti Foletto.

“Foi um prazer e uma honra podermos receber a Alice, que é brusquense de coração. Ela, que através do IGK realiza vários projetos em instituições do Estado, como a Apae de Brusque. Também aproveitamos a visita para conversarmos sobre várias ideias para novos projetos em prol dos alunos da nossa instituição”, ressaltou o presidente da Apae de Brusque, Renato Roda.

Saiba mais

De acordo com informações do IGK, o Fundo de Apoio a Projetos Sociais (Faps) é um programa que busca apoiar, financeiramente e tecnicamente, projetos de organizações sociais de Santa Catarina, que desenvolvam ações voltadas para a integração da pessoa com deficiência.

A viabilidade econômica é garantida através de empresas parceiras. Cada parceiro é convidado a investir uma cota anual, que é utilizada para financiar diretamente os projetos selecionados e custear o processo de acompanhamento técnico desses projetos.

A cada ano são abertas inscrições para uma determinada região do Estado, previamente estabelecida, possibilitando que todas as organizações do entorno, inscrevam seus projetos. O acompanhamento técnico e a avaliação são realizados pela equipe do IGK que também é responsável pelas capacitações nas áreas pedagógicas e de gestão.

Fonte: Texto e imagem: Assessoria APAE/ Brusque.

Últimas postagens

Interligado – sorteio de 25 de fevereiro.

Torre de Chope do Sombreiro Choperia. De terça a sábado a partir das 18h, novo ambiente com um super cardápio e chope sempre gelado....

Tilemassa contrata

Tilemassa Argamassas Técnicas contrata pessoa para o marketing interno (prospecção de novos clientes) e vendedor externo. Oferece: salário fixo mais comissão, despesas de almoço e...

Nota do Secretário de Estado da Saúde reconhece “colapso” e municípios são orientados para reforçar medidas

Em nota oficial, o Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, reconhece que a “situação da pandemia deteriorou no Estado todo e, a...

Posse da nova diretoria da AMPEBr ocorreu na noite de quarta-feira, 24

A Associação das Micro e Pequenas Empresas de Brusque e região (AmpeBr) realizou na noite desta quarta-feira (24), a posse de sua nova Diretoria...
Publicidade
WhatsApp chat