Nova Matriz de Risco coloca Brusque e região novamente em risco Grave

As regiões Alto Vale do Rio do Peixe, Planalto Norte, Médio Vale do Itajaí, Nordeste e Xanxerê tiveram o risco aumentado, modificando de Alto para Grave

Outras notícias da semana

Prefeitura de Guabiruba divulga boletim epidemiológico desta quinta-feira, 14

De acordo com a Prefeitura de Guabiruba, sete novos casos foram confirmados, sendo 3 mulheres e 4 homens. Os testes foram coletados por teste...

Hospital Dom Joaquim e Fundação de Esportes são beneficiados com verba parlamentar

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (13), no gabinete do prefeito Ari Vequi, foi anunciada emenda parlamentar impositiva do deputado estadual, Fernando Krelling,...

SINTRICOMB iniciará distribuição de material escolar a associados

Na próxima segunda-feira, dia 18, começa a distribuição de kits de material escolar a associados ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e...

Diretora do Santuário Santa Paulina fala sobre programação para celebrar 15 anos da dedicação

Durante o mês de janeiro uma programação especial foi desenvolvida para celebrar os 15 anos da Dedicação do Santuário Santa Paulina, em Nova Trento....

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quarta-feira, 4, os dados da Matriz de Risco Potencial. A região da Grande Florianópolis foi reclassificada para o risco Gravíssimo (cor vermelha), outras 11 regiões encontram-se em estado Grave (cor laranja) e quatro em Alto (cor amarela).

As regiões Alto Vale do Rio do Peixe, Planalto Norte, Médio Vale do Itajaí, Nordeste e Xanxerê tiveram o risco aumentado, modificando de Alto para Grave; e a Grande Florianópolis de Grave para Gravíssimo. Seis regiões se mantiveram em nível Grave (Extremo Oeste, Serra Catarinense, Alto Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí, Laguna e Extremo Sul). A região Oeste teve seu risco reduzido de Grave para Alto.

Na última semana, Santa Catarina registrou 13.924 novos casos e 80 mortes em decorrência da Covid-19.

A matriz traz alertas específicos. Na taxa de ocorrência de óbitos, estão em alerta a regiões Extremo Oeste, Grande Florianópolis e a Serra Catarinense. Com relação à transmissibilidade as regiões em estado de atenção são o Extremo Sul, a Serra Catarinense, o Médio Vale do Itajaí, a Foz do Rio Itajaí, Laguna, Carbonífera e Nordeste.

Confira os dados da matriz de risco potencial no aqui.

Últimas postagens

PRE flagra motorista embriagado na rodovia Ivo Silveira

A Polícia Militar Rodoviária Estadual flagrou um motorista dirigindo embriagado, por volta das 22h45, na Rodovia Ivo Silveira, nas imediações do bairro Batêas.Segundo a...

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza, neste domingo (16), em Brasília, reunião extraordinária de sua diretoria colegiada, formada por cinco integrantes, para...

Carlos Renaux massacra o Orleans e está na Série B do Estadual

O Clube Atlético Carlos Renaux vai jogar o Campeonato Catarinense da Série B em 2021. O Vovô do futebol catarinense garantiu a vaga após...

Boletim epidemiológico de Brusque

O novo boletim epidemiológico, divulgado neste sábado (16), aponta que Brusque tem 14.806 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 51...

Diretora do Santuário Santa Paulina fala sobre programação para celebrar 15 anos da dedicação

Durante o mês de janeiro uma programação especial foi desenvolvida para celebrar os 15 anos da Dedicação do Santuário Santa Paulina, em Nova Trento....
Publicidade
WhatsApp chat