Operação ‘Bioma’ de combate ao tráfico de animais silvestres tem alvo investigado em Guabiruba

Foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão em 15 cidades dos Estados de Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul

Outras notícias da semana

Primeiro lote da CoronaVac em Brusque (1.096 doses) começa a ser aplicado nos profissionais da saúde

Na tarde desta terça-feira, 19, Walter Orthmann, 98 anos, detentor do título de funcionário com maior tempo de atividade em uma empresa, pelo Guiness...

Guabiruba registra 14 novos casos de Covid-19 nas últimas horas

Guabiruba registrou 14 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h na cidade. Foram confirmados casos em dez mulheres e quatro homens. Os testes foram...

Brusque registra 101 novos casos de coronavírus nas últimas 24h

Brusque registrou 101 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas. Neste dia 19 de janeiro foram contabilizados 15.003 notificados, sendo 404 ativos e...

Em assembleia, ex-funcionários aceitam proposta de R$ 7,3 milhões para venda de imóvel da Schlösser

O Sintrafite, em parceria com o Sindimestre, realizou a assembleia-geral que definiu a venda do imóvel da Companhia Industrial Schlösser, na manhã de domingo,...

Na manhã desta segunda-feira, a Divisão de Investigação Criminal de Brusque – DIC, prestou apoio a “Operação Bioma” desencadeada pela Delegacia de Repressão a Crimes Ambientais (DRCA), da Diretoria Estadual de Investigação Criminal (DEIC), da Polícia Civil.

>>Polícia civil deflagra a operação “Bioma” em combate ao tráfico de animais silvestres em SC e dois estados<<

Foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão em 15 cidades dos Estados de Santa Catarina, São Paulo e Rio Grande do Sul.

Um dos alvos das investigações era uma moradora do bairro São Pedro, em Guabiruba. No local foram apreendidos dois pássaros silvestres, munições de calibre .22 LR, 12 e 28, apetrechos para recarga de munições, uma carabina calibre .22 LR com a numeração suprimida, uma espingarda de pressão, miras telescópicas e objetos utilizados para caça de animais silvestres.

Com isso, a investigada foi conduzida à Delegacia de Polícia para prestar depoimento, enquanto seu marido foi autuado em flagrante delito pela prática do crime de posse ilegal de arma de fogo e munições e pelo crime ambiental de caçar animais da fauna silvestre.

Material apreendido pela polícia. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
DIC de Brusque prestou apoio na operação. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Últimas postagens

Brusque FC não renova com João Carlos, Ronaell, Gustavo Henrique, Eliomar e Emerson Martins

Quatro jogadores deixaram o elenco do Brusque FC nesta quarta-feira, 20. Os laterais, João Carlos e Ronaell, os meias Gustavo Henrique e Eliomar e...

Matriz de Risco aponta nove regiões em estado gravíssimo e sete em nível grave

A Matriz de Risco Potencial, divulgada nesta quarta-feira, 20, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), classifica nove das 16 regiões de saúde catarinenses como...

Defesa Civil divulga novo aviso meteorológico sobre as chuvas

A Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Brusque divulga aviso meteorológico, emitido pela Defesa Civil Estadual, nesta quarta-feira (20). O aviso alerta para...

Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira (20) em Brusque

O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta quarta-feira (20), aponta que Brusque tem 15.026 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 23...

Iniciada imunização de profissionais de saúde nos hospitais de Brusque

Logo após a cerimônia de vacinação dos primeiros brusquenses, realizada no campus da Uniasselvi, na tarde de terça-feira (19), a equipe de vacinadores da...
Publicidade
WhatsApp chat