Eleitores de 57 cidades voltam às urnas neste domingo no segundo turno

Outras notícias da semana

Judiciário catarinense alcançou quase 1 milhão de processos julgados em 2020

Em um ano marcado pelas restrições decorrentes da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC) manteve índices expressivos de...

Guabiruba adquire novo tipo de teste para Coronavírus

Nesta semana a Secretaria de Saúde de Guabiruba recebeu 500 novos materiais para testes da Covid-19. Ao todo foram 2 mil unidades compradas por...

SINTRICOMB retoma atividades e já tem primeiras ações do ano

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e região (SINTRICOMB) retornou com as atividades e atendimento ao público...

SINTRICOMB iniciará distribuição de material escolar a associados

Na próxima segunda-feira, dia 18, começa a distribuição de kits de material escolar a associados ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e...

Após o resultado do primeiro turno das eleições municipais, ocorrido no último dia 15, eleitores de 57 cidades brasileiras irão retornar às urnas hoje (29), para decidir, em segundo turno, quem ficará à frente do Executivo municipal pelos próximos quatro anos. Pela legislação, o segundo turno ocorre apenas em cidades com mais de 200 mil eleitores.

Os eleitores devem comparecer às urnas entre as 7h e as 17h deste domingo. Nas primeiras três horas do pleito (das 7h às 10h), a prioridade é para pessoas com mais de 60 anos.

Do total de municípios onde ocorrerá o segundo turno, 18 são capitais. Sete capitais brasileiras elegeram seus prefeitos no primeiro turno, pois os primeiros colocados obtiveram mais de 50% dos votos válidos. Foram reeleitos os prefeitos de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), com mais de 63% dos votos válidos; de Curitiba, Rafael Greca (DEM), com quase 60%; de Natal, Alvaro Dias (PSDB), com 57%; de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), e de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), ambos com cerca de 53% dos votos. Em Salvador, o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) venceu com 64%. Em Palmas, a atual prefeita, Cinthia Ribeiro (PSDB) foi reeleita com 36%. 

Macapá teve a eleição suspensa em razão do apagão que atingiu o Amapá. O primeiro turno na capital amapaense será em 6 de dezembro e o segundo turno, caso o primeiro colocado não obtenha mais de 50% dos votos válidos, será em 20 de dezembro. Já a capital federal, Brasília, não tem disputa para o cargo de prefeito, uma vez que o chefe do Executivo é o governador.

Ainda de acordo com o TSE, o índice de abstenção no primeiro turno no país foi de 23,14%. Nas eleições municipais de 2016, o índice de abstenção no primeiro turno foi de 17,58

Em Santa Catarina

Blumenau (SC): Mário Hildebrandt (Pode) e João Paulo Kleinübing (DEM)

Joinville (SC): Darci de Matos (PSD) e Adriano Silva (Novo)

Últimas postagens

PRE flagra motorista embriagado na rodovia Ivo Silveira

A Polícia Militar Rodoviária Estadual flagrou um motorista dirigindo embriagado, por volta das 22h45, na Rodovia Ivo Silveira, nas imediações do bairro Batêas.Segundo a...

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza, neste domingo (16), em Brasília, reunião extraordinária de sua diretoria colegiada, formada por cinco integrantes, para...

Carlos Renaux massacra o Orleans e está na Série B do Estadual

O Clube Atlético Carlos Renaux vai jogar o Campeonato Catarinense da Série B em 2021. O Vovô do futebol catarinense garantiu a vaga após...

Boletim epidemiológico de Brusque

O novo boletim epidemiológico, divulgado neste sábado (16), aponta que Brusque tem 14.806 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 51...

Diretora do Santuário Santa Paulina fala sobre programação para celebrar 15 anos da dedicação

Durante o mês de janeiro uma programação especial foi desenvolvida para celebrar os 15 anos da Dedicação do Santuário Santa Paulina, em Nova Trento....
Publicidade
WhatsApp chat