Vigilância Epidemiológica divulga situação da dengue em Brusque

Desde o início do ano, Brusque já registrou 1.377 focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Publicidade
Utilidade pública

Brusque registrou dois novos casos autóctones de dengue. Trata-se de uma mulher, gestante, moradora do bairro Guarani e um homem, morador do bairro São Luiz. Agora, são 46 casos registrados da doença este ano, sendo 30 contraídos em Brusque e 16 importados.

Desde o início do ano, Brusque já registrou 1.377 focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O bairro Santa Rita segue com maior número, 166; seguido pelo Centro, com 147, Santa Terezinha, 100 e São Luiz, 92.

A coordenadora do programa de Combate a Endemias, Letícia Figueredo, reforça a importância dos cuidados com relação ao mosquito Aedes aegypti durante o verão. “Neste período muitas pessoas viajam e deixam recipientes que podem acumular água no quintal. É preciso um cuidado redobrado, especialmente devido às chuvas que ocorrem quase que diariamente”.

“Este ano registramos mais que o dobro do número de focos que no ano passado. Isso, porque precisamos da colaboração de cada morador do nosso município. Cada um precisa fazer sua parte na limpeza do lixo de sua propriedade e evitando o acúmulo de lixo. Somente assim conseguiremos reverter esta situação”, pontua.

Durante o período de férias coletivas o programa de Combate a Endemias manterá 50% do efetivo, que trabalhará em regime de plantão.Para dúvidas e denúncias basta entrar em contato pelo telefone (47) 3110-1017.

Fonte: Secom

Publicidade
Últimas notícias

Brusque realiza último treino antes de embarcar para o Rio Grande do Sul

Na manhã desta segunda-feira (27),o Brusque realizou mais um treino visando o Brasil de Pelotas. No sábado, o Quadricolor...
Publicidade
WhatsApp chat