Caixa vai lançar programa de financiamentos de até R$ 2 mil

Proposta é ofertar financiamentos para mais de 10 milhões de pessoas

Outras notícias da semana

Benefícios do INSS acima de um salário mínimo têm reajuste de 5,45%

O Ministério da Economia publicou hoje (13) no Diário Oficial da União (DOU) portaria que oficializa o reajuste de 5,45% das aposentadorias e benefícios acima de um...

Novo diretor do Sine de Brusque elenca prioridades a frente do órgão em 2021

O novo diretor do Sistema Nacional de Empregos (Sine) de Brusque, Waldir da Silva Neto (Neto), foi anunciado no início deste mês como responsável...

Boletim epidemiológico aponta 35 novos casos de Covid-19 em Brusque nas últimas 24h

O novo boletim epidemiológico, divulgado nesta segunda-feira (11), aponta que Brusque tem 14.427 casos confirmados de Covid-19. Nas últimas 24 horas foram registrados 35...

Presidente da Câmara de Guabiruba fala sobre início do ano legislativo

Na manhã desta sexta-feira, 15, o Jornal da Diplomata recebeu o presidente da Câmara Municipal de Guabiruba, vereador Cristiano Kormann - Sano, (Progressistas). Ele...

O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães, disse nesta terça-feira (29) que a instituição vai lançar o que chamou de “programa de microfinanças”. A proposta, segundo ele, é ofertar financiamentos que variam de R$ 500 a R$ 2 mil para mais de 10 milhões de brasileiros, com taxas de juros entre 1,5% e 2,5% ao mês.

“São taxas muito menores de juros e que vão permitir que mais de 10 milhões de brasileiros tenham acesso ao crédito de maneira segura, rápida, sem precisar ir à agência. Isso reforça a bancarização e reforça o acesso dessa população mais carente ao setor financeiro”, explicou, durante entrevista ao programa Voz do Brasil, da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Financiamento habitacional

Segundo Guimarães, algumas iniciativas já em andamento, como o Programa Casa Verde e Amarela, também passarão a ter sua operacionalização pelo celular por meio do aplicativo Caixa Tem.

“Todos os contratos desse programa serão, a partir do ano que vem, via aplicativo”, disse. Hoje, segundo estimativas da instituição, 4,5 milhões de brasileiros possuem algum tipo de contrato de habitação. “Vamos migrar esses e novos contratos serão feitos pelo aplicativo”, concluiu.

Últimas postagens

Estudantes fazem hoje primeira prova do Enem 2020

Milhões de estudantes de todo o país fazem hoje (17) a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Os portões serão...

Dois homens são detidos por suspeita de tráfico de drogas

Dois homens foram detidos pela Polícia Militar na noite deste sábado, 16, no bairro Centro. Na abordagem veicular realizada pelo PPT foi localizado aproximadamente...

Polícia Militar registra ocorrência de perturbação no bairro Santa Terezinha

De acordo com a Polícia Militar, a guarnição foi acionada via COPOM para atendimento de ocorrência de Perturbação do trabalho ou sossego alheios, por...

PRE flagra motorista embriagado na rodovia Ivo Silveira

A Polícia Militar Rodoviária Estadual flagrou um motorista dirigindo embriagado, por volta das 22h45, na Rodovia Ivo Silveira, nas imediações do bairro Batêas.Segundo a...

Anvisa decide neste domingo se aprova uso emergencial de vacinas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza, neste domingo (16), em Brasília, reunião extraordinária de sua diretoria colegiada, formada por cinco integrantes, para...
Publicidade
WhatsApp chat