Salário mínimo passa a valer R$ 1.100 a partir desta sexta-feira

Reajuste em relação a 2019 é de 5,26%

Outras notícias da semana

Metalúrgicos de Brusque terão reajuste salarial acordado na Convenção Coletiva

Os trabalhadores metalúrgicos de Brusque e região terão, a partir do pagamento referente a janeiro, aplicado o reajuste salarial de 3%. O percentual cumpre...

Brusque FC garante vaga na Série B e segue para buscar título da C

A noite de 11 de janeiro de 2021 ficará na história para o Brusque FC, que após vencer o Ituano, por 4 x 2,...

Prefeitura de Brusque realiza formação de lideranças

A Prefeitura de Brusque, por meio da Escola de Administração Pública (ESAP), realiza durante o mês de janeiro, o I Workshop Desenvolvimento de Lideranças....

Carlos Renaux massacra o Orleans e está na Série B do Estadual

O Clube Atlético Carlos Renaux vai jogar o Campeonato Catarinense da Série B em 2021. O Vovô do futebol catarinense garantiu a vaga após...

A partir de hoje (1º), o salário mínimo passa a valer R$ 1.100, conforme a Medida Provisória nº Nº 1.021, publicada no Diário Oficial da União, no último dia 30. No ano passado, o salário mínimo estava em R$ 1.045.

O reajuste em relação a 2020 ficou em 5,26%. Foi levado em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro e a variação estimada do mercado financeiro para o índice em dezembro de 2020.

Segundo o Ministério da Economia, no dia 12 deste mês, quando o INPC de dezembro será divulgado, o novo valor do salário mínimo poderá ser corrigido para assegurar a preservação do poder de compra definida pela Constituição. Isso aconteceu na virada de 2019. Em 31 de dezembro de 2019, foi anunciado que o salário mínimo de 2020 seria de R$ 1.039. Em janeiro, quando foi divulgado o INPC de dezembro — que ficou acima da projeção inicial —, o valor foi ajustado para R$ 1.045.

Essa é a terceira definição de valor para o salário mínimo de 2021. No dia 15 de dezembro, o governo aumentou de R$ 1.067 para R$ 1.088 a estimativa para o salário mínimo. O valor constava de mensagem modificativa ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Foram R$ 21 a mais em relação à projeção de R$ 1.067 que constava da proposta do Orçamento Geral da União, enviada ao Congresso no fim de agosto de 2020.

Aumento de despesas

De acordo com o Ministério da Economia, para cada R$ 1 de aumento no salário mínimo, há elevação de despesas de R$ 351,1 milhões. Assim, o reajuste de R$ 12, ao passar de R$ 1.088 para R$ 1.100, gera gasto adicional de cerca de R$ 4 bilhões em 2021.

A equipe econômica destacou, na última quarta-feira (30), que a correção do valor do salário mínimo é obrigação constitucional e que não afeta o compromisso do governo com o teto de gastos e com o ajuste fiscal.

Apesar de entrar em vigor nesta sexta-feira, o novo valor precisa ser confirmado pelo Congresso Nacional já que o governo fez o reajuste por meio de uma medida provisória.

Últimas postagens

Conversando com Você de 18 de janeiro de 2021

Conversando com Você de 18 de janeiro de 2021. Ouça!

Em assembleia, ex-funcionários aceitam proposta de R$ 7,3 milhões para venda de imóvel da Schlösser

O Sintrafite, em parceria com o Sindimestre, realizou a assembleia-geral que definiu a venda do imóvel da Companhia Industrial Schlösser, na manhã de domingo,...

Prefeito de Guabiruba fala sobre primeiras ações em 2021, recepção dos funcionários e obras que serão prioridades

Na manhã desta segunda-feira, 18, participou ao vivo do Jornal da Diplomata, Valmir Zirke, prefeito do município de Guabiruba. Recepção dos funcionários, início do...

Obituário final de semana, de 16 a 18 de janeiro

Funerária Brusque - Faleceu às 17h30 de domingo (17), com 67 anos, Maria Veronica Kohler, que morava em Guabiruba. Velório na Capela do Centro...
Publicidade
WhatsApp chat