Polícia Militar registra ocorrência de perturbação no bairro Santa Terezinha

Outras notícias da semana

De acordo com a Polícia Militar, a guarnição foi acionada via COPOM para atendimento de ocorrência de Perturbação do trabalho ou sossego alheios, por volta das 04h deste domingo, 16, na rua Santos Dumont.

Ao chegar no local, havia dois homens em frente à residência, momento que a guarnição tentou conversar com os agentes para entender o que estava ocorrendo, de imediato um deles foi extremamente agressivo com a guarnição, desacatando a guarnição com xingamentos, ameaças e provocações.

Em seguida, um dos indivíduos saiu de seu terreno e veio correndo em direção a um dos Policiais, tentando agredi-lo fisicamente, momento que o policial conseguiu se esquivar e a guarnição optou por sair com a viatura do local para solicitar reforço, sendo que o masculino desferiu ainda um soco na lateral direita da viatura.


Com a viatura afastada, em um local seguro para garantir a integridade física dos policiais, fora aguardado o apoio.
Em seguida, retornaram duas guarnições ao local da Perturbação, onde, os familiares do autor dos fatos, não estavam querendo colaborar com os policiais e chamar o senhor Q tentou agredir os policiais e deu um soco na viatura para elucidar a situação.

Como a guarnição estava em situação de flagrante delito, adentrou no terreno da residência, que em seguida localizou o mesmo, que ainda se apresentava agressivo, e proferindo xingamentos contra os policiais.

Certo momento o mesmo fez menção de tentar agredir outro policial, onde, o policial, na tentativa de garantir a sua integridade física e de terceiros, utilizou manobra de imobilização e já com o autor no chão, o algemou e conduziu para a caixa da viatura.


Insta salientar, que durante todo o procedimento policial, o segundo masculino, visivelmente embriagado, proferia xingamentos contra todos os policiais, o masculino se opôs, mediante violência e ameaça, à execução do ato de prisão do autor da perturbação, cometendo também os crimes de desacato e resistência. Durante todo o procedimento, este segundo indivíduo fazia menção de ir para cima da guarnição, dando a entender que estava querendo agredir os policiais.

Em seguida, no local da ocorrência, o masculino ora mencionado, foi de forma agressiva em direção ao policial, dando a impressão que tinha algo nas mãos para arremessar contra as guarnições, diante dessa possível injusta agressão, foi realizado quatro disparos com munição não letal (elastômero) de uma distância aproximada de 50 metros, onde, os policiais cessaram os disparos, por conta do indivíduo ter cessado a ameaça.

Que, em seguida, foi solicitado ao Copom, para acionar o Corpo de Bombeiros, que se fez presente no local e que realizou o atendimento prévio do masculino que foi atingido pelos disparos de munição não letal e o conduziu para o hospital Azambuja. Ato contínuo, a guarnição, conduziu um dos envolvidos até a Delegacia de Polícia Civil e a outra guarnição deslocou-se, juntamente com o Corpo de Bombeiros, até o hospital Azambuja, com o homem atingido pela munição de borracha.

A ocorrência foi filmada por câmera policial.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat