Vigilância Sanitária interdita obra no bairro Limeira

No local foi constatado que os trabalhadores não possuíam um refeitório, nem mesmo banheiro. Além disso, não havia água potável disponível e a betoneira não possuía aterramento, colocando em perigo os trabalhadores da obra.

Outras notícias da semana

A Vigilância Sanitária de Brusque interditou, na manhã desta terça-feira (2), uma obra de construção civil, no bairro Limeira. A ação de fiscalização foi realizada em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Brusque e Região (Sintricomb) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (Crea).

No local foi constatado que os trabalhadores não possuíam um refeitório, nem mesmo banheiro. Além disso, não havia água potável disponível e a betoneira não possuía aterramento, colocando em perigo os trabalhadores da obra.

O fiscal da Vigilância Sanitária, Gilberto Silveira, explica que após a regularização de todos itens apontados, a obra poderá ser retomada. “Nós conversamos com o responsável pela obra e ele se comprometeu em resolver todos os pontos. Assim que tudo estiver pronto, voltaremos ao local para liberar a obra novamente”.

O vice-presidente do Sintricomb, Dari Mota Sutil, aponta que a obra já havia sido visitada anteriormente, porém não houve mudanças. “Fizemos uma vistoria no mês de dezembro, apontamos o que precisava ser mudado, porém nada foi feito. Por isso, a obra teve de ser interditada pela Vigilância Sanitária”.

A equipe da Vigilância Sanitária realiza um trabalho de orientação ao longo de todo o ano, como explica Silveira: “Durante nossas vistorias fizemos a orientação aos responsáveis, quanto à segurança dos trabalhadores, o uso de equipamentos de proteção, higiene e saúde. Além disso, fizemos visitas aleatórias. Algumas vezes é uma questão de orientação quanto a nossa legislação, outras é necessário parar a obra para adequação”, finaliza.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat