Publicidade

Covid 19: Secretaria de Educação de Brusque orienta diretores

Outras notícias da semana

Em reunião on-line realizada na tarde desta segunda-feira (8) secretária Eliani Aparecida Busnardo Buemo, falou sobre atualização diária dos dados relacionados à pandemia

A Secretaria de Educação de Brusque realizou no início da tarde desta segunda-feira (8) uma reunião com os 61 diretores das escolas da rede municipal. Na pauta, a atualização diária dos dados relacionados à pandemia de Covid-19 e a melhoria contínua das ferramentas de tabulação das informações.

Desde o dia 25 de janeiro, quando os primeiros profissionais de educação retornaram das férias até agora, foram registrados 59 servidores positivos para a doença, em um universo de 2.239 pessoas – sendo 1.022 professores e 1.217 servidores contratados até agora.

Entre os 59 positivados estão: 26 professores, 2 diretores, 16 monitores, 6 coordenadores pedagógicos e 9 auxiliares de serviços gerais.

“Com as informações fidedignas vindas das unidades escolares diariamente, nós podemos tomar as decisões. Sempre com intuito de fazer aquilo que está descrito no Plancon (Plano Municipal de Contingência) e por conseguinte nos planos de cada unidade escolar, que é mitigar a ação do vírus. Infelizmente, nós não podemos excluir o vírus do ambiente, mas fazer com que os danos sejam mais suaves, que não haja tantas ocorrências, por meio do uso correto dos epi´s, pela higiene e pelo distanciamento social no dia a dia de cada unidade escolar”, detalha a secretária de Educação, Eliani Aparecida Busnardo Buemo.

Durante a reunião, a secretária também chamou atenção dos diretores, quanto às suas responsabilidades em manter todos os protocolos vigentes de contenção ao vírus no ambiente escolar.

Estudantes positivados

Em relação aos alunos com teste positivo para Covid-19, o número oficial até o momento é de 15 estudantes, desde o retorno das aulas presenciais em 8 de fevereiro. A secretária esclarece que este número provavelmente é maior, visto que até a disponibilização do atendimento pediátrico no Centro de Triagem para Sintomáticos Respiratórios, muitos alunos não realizaram o teste.

“Eles foram afastados das aulas presenciais e posteriormente chegaram ao conhecimento de cada unidade, os testes positivos. Temos hoje mais de 100 alunos afastados, o que é sinal que a mitigação está ocorrendo. Não podemos afirmar que deste universo nós teremos todos positivos, tomara que não. Mas o afastamento, o isolamento deste convívio social, já nos permite acreditar que estamos cumprindo a nossa parte, no sentido de deixar o ambiente escolar seguro”, avalia.

Transparência nas ações

Todos os dias até às 16h cada unidade escolar realiza a atualização dos dados, via sistema da Secretaria de Educação. Até às 17h30, a Secretaria de Educação recebe e compila as informações, que são publicadas no site da Secretaria (https://bit.ly/3rs515W).

“É bastante importante informar que no site da Secretaria há uma aba chamada Covid-19. Clicando nesta aba aparecem as 61 unidades. É possível clicar sobre cada uma delas e ter o panorama do dia naquela escola. E por meio do banner, o total que foi compilado pela Secretaria. Vale ressaltar que cada unidade escolar deve ter também no seu mural a informação diária do número de profissionais e alunos afastados. Desta forma, acreditamos que as pessoas envolvidas naquele ambiente tenham a informação. Isso faz com que elas possam tomar suas decisões”, pontua a secretária Eliani.

Segundo ela, é importante lembrar que levar as crianças para o ensino presencial é uma prerrogativa das famílias. “É obrigação manter o vínculo, mas se a família achar que por algum motivo naquela semana o aluno deve ficar em casa com as atividades remotas não há problema, desde que a escola seja informada”, explica.

“Nós acreditamos que com a máxima transparência e com as informações sempre atualizadas, nós conseguimos deixar as famílias informadas e tranquilas quanto ao ambiente escolar que seus filhos frequentam. Da mesma forma, todos os servidores”, conclui.

Últimas postagens

Publicidade
WhatsApp chat