Diretor do Observatório Social comenta pesquisa comparativa de receitas públicas entre 2015 e 2020

Publicidade
Utilidade pública

O diretor executivo do OSB – Observatório Social de Brusque, Evandro Gevaerd, esteve no Jornal da Diplomata na manhã desta terça-feira, 16.

Em destaque a pesquisa realizada pelo órgão no monitoramento das receitas públicas nos municípios de Brusque, Guabiruba e Botuverá. De acordo com Evandro, um amplo comparativo, divulgado recentemente, apresentou dados das receitas públicas dos municípios da microrregião do Vale do Itajaí Mirim, entre 2015 a 2020.

Em via de regra, a receita pública é a soma dos impostos, taxas, contribuições, e outras fontes de recurso que a administração recebe para custear as despesas e investimentos públicos.

“O objetivo dessa pesquisa é avaliar o impacto na receita dos municípios em função da Pandemia da Covid-19. As informações foram coletadas no portal da transparência do Tribunal de Contas de Santa Catarina”, conta.

O Observatório Social busca transformar os dados técnicos do Portal da Transparência em informação clara para qualquer cidadão conseguir assimilar com mais facilidade.

Ampliando a pesquisa, os observadores sociais também avaliaram o montante da receita municipal advindo de tributos, dentre os quais impostos, taxas e contribuições de melhoria.

Na entrevista, Evandro destaca o trabalho junto às prefeituras.

Acompanhe a entrevista.

Diretor do Observatório Social de Brusque, Evandro Gevaerd, no Jornal da Diplomata

Publicidade
Últimas notícias

Amamenta Brusque realiza programação especial em alusão ao Agosto Dourado

A Secretaria de Saúde, por meio do Amamenta Brusque, promove uma programação especial em alusão ao Agosto Dourado. Durante...
Publicidade
WhatsApp chat