Hospital Imigrantes atinge lotação máxima de internação

Diante do cenário, na manhã desta terça-feira (16), a direção do hospital notificou o Ministério Público, a Secretaria Municipal de Saúde e o Hospital Azambuja. Também foram informados todos os médicos que atuam no corpo clínico do hospital.

Publicidade
Utilidade pública

O Imigrantes Hospital e Maternidade de Brusque (SC), ciente da sua responsabilidade social e diante do cenário de risco gravíssimo da matriz de risco epidemiológico em todas as regiões de Santa Catarina, informa à comunidade que há dias vem trabalhando com sua capacidade máxima. Nesta segunda-feira (15), a unidade hospitalar esgotou todas as possibilidades de atendimento nas suas Unidades de Terapia Intensiva – UTI e de Internação.

Diante do cenário, na manhã desta terça-feira (16), a direção do hospital notificou o Ministério Público, a Secretaria Municipal de Saúde e o Hospital Azambuja. Também foram informados todos os médicos que atuam no corpo clínico do hospital.

“Chegamos ao momento mais delicado da pandemia e estamos com o hospital lotado de pacientes clínicos e Covid. A nossa estrutura de equipamentos e equipe está completamente comprometida no atendimento desses pacientes internados. Nós cancelamos toda e qualquer cirurgia eletiva e estamos com a equipe do Centro Cirúrgico toda distribuída entre os setores de internação e UTI, para apoiar o atendimento”, explica a gerente de operações do hospital, Fernanda Rodrigues.

De acordo com ela, novas contratações serão realizadas nos próximos dias, para somar esforços aos 158 colaboradores que já atuam no hospital.

“Estamos com processo seletivo aberto há duas semanas para contratação de mais profissionais, pois a nossa equipe de enfermagem está bastante sobrecarregada. Não podemos esquecer que a maioria trabalha em outros hospitais da cidade, então eles estão fazendo horas extras tanto aqui, quanto nas outras instituições e estão muito cansados. Ainda esta semana devemos ter o início de pelo menos mais 12 colaboradores”, destaca.

Pronto-atendimento

O Pronto Atendimento segue com atendimentos limitados, visando priorizar a assistência daqueles pacientes classificados em maior grau de risco, visto que já está atendendo na sua capacidade máxima. São atendidos entre 80 e 100 pacientes / dia, tanto Covid-19 quanto de outras doenças.

“Neste momento as demais doenças também precisam ser tratadas e não podem ser subnotificadas ao ponto de comprometer a saúde das pessoas. Porém, sabemos que o pronto-atendimento também tem limite e observamos diariamente como o cenário evolui. Qualquer nova decisão a respeito do pronto-atendimento nós também avisaremos a todos”, frisa Fernanda.

A gerente de Operações explica que o objetivo do Hospital Imigrantes em comunicar a situação para a comunidade é para que cada vez mais se tome consciência da importância do distanciamento e isolamento social e de evitar aglomerações. “É necessário evitar a exposição ao vírus. Nós estamos muito vulneráveis e a capacidade do Hospital Imigrantes em internar pacientes se esgotou”, conclui.

Confira abaixo a íntegra do comunicado enviado pelo Hospital Imigrantes aos órgãos competentes. O documento foi assinado pela gerente de Operações, Fernanda Rodrigues e pelo diretor técnico do hospital, Dr. Loecir Ricardo Monteiro Cezar.

COMUNICADO URGENTE

O Imigrantes Hospital e Maternidade, ciente da sua responsabilidade social e diante do cenário de risco gravíssimo da matriz de risco epidemiológico em todas as regiões de Santa Catarina, informa à comunidade de Brusque e região, e a Santa Catarina que há dias vem trabalhando com sua CAPACIDADE MÁXIMA e, na data de hoje, 15/03/2021, ESGOTOU todas as possibilidades de atendimento nas suas Unidades de Terapia Intensiva – UTI e Internação.

Diante dessa situação informamos que, neste momento, as referidas unidades estarão dedicadas aos pacientes que já estão em atendimento, não sendo possíveis novas admissões, uma vez que não há recursos disponíveis para receber novos pacientes, em virtude da indisponibilidade de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva, caso seja necessário. Ao mesmo tempo, as transferências para outras unidades hospitalares estão comprometidas e inviáveis.
O Pronto Atendimento segue com atendimentos limitados, visando priorizar a assistência daqueles pacientes classificados em maior grau de risco, visto que já está atendendo na sua capacidade máxima.

A situação de esgotamento da capacidade está sendo objeto de monitoramento e reavaliação constante, de acordo com a movimentação dos pacientes nas unidades de atendimento do Hospital Imigrantes. Buscamos de forma incessante promover as condições necessárias para possibilitar a normalização das atividades, assim como promover a segurança do atendimento aos pacientes que já se encontram nas nossas unidades de atendimento.
As autoridades e órgãos competentes já estão informados e cientes desta situação. Contamos com a colaboração de todos para que juntos possamos atravessar este momento difícil e complexo.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Atualizados os números da Covid-19 em Brusque

30 novos casos da doença foram registrados em Brusque nas últimas 24h A cidade de Brusque atualizou nesta quinta-feira (21)...
Publicidade
WhatsApp chat