Câmara Municipal de Guabiruba realizou sessão na terça-feira

Destaque para o aumento da tarifa de água, solicitação dos investimentos realizados pelo consórcio do início da concessão até o presente momento .

Publicidade
Utilidade pública

Na noite de terça-feira, 13, os vereadores guabirubenses estiveram reunidos para segunda sessão ordinária do mês de abril, que aconteceu de forma presencial na sede do Poder Legislativo.

Os trabalhos foram presididos pelo vereador Cristiano Kormann (Progressistas) com a participação dos demais oito parlamentares, que discorrem sobre diversos temas no espaço da palavra livre.

Destaque para o aumento da tarifa de água, solicitação dos investimentos realizados pelo consórcio do início da concessão até o presente momento e também o pedido para que as obras de tubulações possam ser realizadas nas calçadas nas obras de reurbanização que estão acontecendo nos bairros Aymoré e Guabiruba Sul.

O vereador Alexandre Felipe Pereira (Processistas) falou sobre requerimento da bancada de situação encaminhado ao consórcio Guabiruba Saneamentos para que a empresa apresente a devida prestação de contas dos investimentos realizados no município desde a celebração do contrato administrativo com a prefeitura.

Na oportunidade ele também discorreu sobre o reajuste da tarifa da água que está gerando descontentamento por parte da comunidade.  

Simone Maria Fischer (MDB) também comentou sobre o aumento da tarifa da água em 12,08%. Segunda a parlamentar o momento não é propício, para ela, primeiro os investimentos devem ser realizados para posteriormente pensar em reajustes.  

O vereador Cristiano Kormann informou que a casa recebeu resposta de um ofício enviado a Agência Intermunicipal de Regulação do Médio Vale do Itajaí (AGIR), documento esse que busca a viabilização das obras de saneamento pelas calçadas nas obras de reurbanização em andamento na cidade nos bairros Guabiruba Sul e Aymoré.

O vereador Waldemiro Dalbosco (Progressistas) apresentou sua preocupação quando alguém incita a população a não pagar tarifas públicas de serviços essenciais como água, luz e esgoto. O parlamentar ressaltou a necessidade de um equilíbrio econômico financeiro, destacando que apesar de ter ressalvas sobre o trabalho do AGIR é dela o papel de regular essas situações.

ORDEM DO DIA

– Foi aprovado em regime de urgência o Projeto de Lei Ordinária nº 11/2021 do Executivo, que “ALTERA A LEI 810, DE 28 DE JUNHO DE 2002, ACRESCENTANDO O PERCENTUAL DE 5% (CINCO POR CENTO) À MARGEM CONSIGNÁVEL, NOS TERMOS DA LEI FEDERAL Nº 14.131, DE 30 DE MARÇO DE 2021”.

– Foi aprovado Requerimento nº 04/2021 dos vereadores MARIA SIMONE FISCHER, RONALDO KOHLER, VILMAR GUMS e WAGNER FISCHER WESTARB, endereçado ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal Valmir Zirke, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano e Infraestrutura, com a finalidade de priorizar a elaboração de um projeto para a construção de uma nova ponte na rua José Fischer, nas imediações da residência do Sr. Norberto Huber, tendo em vista que atual ponte apresenta um desnível e um estreitamento em relação a pista de rolamento, dificultando o trânsito normal de veículos.

Nada mais havendo a tratar, foi declarada encerrada a sessão, convocando a próxima para o dia 20 de abril do corrente.

Publicidade
Últimas notícias

Sala de Vacina da Policlínica fecha no horário de almoço por 30 dias

A diretoria de Atenção Básica da Secretaria de Saúde informa à comunidade que, a partir desta sexta-feira (14), a...
Publicidade
WhatsApp chat