COVID-19: Brusque abre agendamento de vacina a outros grupos prioritários

Publicidade
Utilidade pública

Seguindo as orientações da Nota Técnica Nº 467/2021-CGPNI/DEIDT/SVS/MS do Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde abriu, na tarde desta quinta-feira (29), o agendamento para a dose 1 da vacina contra a COVID-19 no site https://agendamentos.smsbrusque.sc.gov.br/, para o grupo de comorbidades por fases. Na fase 1 serão contempladas:

-Pessoas com Síndrome de Down, independentemente da idade  – com comprovação in loco;

-Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), -independentemente da idade – mediante comprovação por meio de lista fornecida pelo serviço que realiza diálise;

-Gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade – comprovação por Receitas de uso contínuo, relatório médico, prescrição médica.

-Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos – comprovação por meio de receitas de uso contínuo, relatório médico, prescrição médica;

-Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos, com comprovação por meio de  Lista nominal fornecida pela Assistência Social.

Ministério determina comorbidades

A definição dos grupos prioritários para vacinação foi realizada com base nas análises epidemiológicas, evidências científicas e nas discussões com especialistas com expertise em imunização e as principais sociedades científicas, no âmbito da Câmara Técnica Assessora em Imunização e Doenças Transmissíveis, pautada também nas recomendações do SAGE – Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas em Imunização (em inglês, Strategic Advisor Group of Experts on Immunization), da Organização Mundial da Saúde; em parceria tripartite, com os Conselhos Nacionais de Secretários de Saúde e de Secretarias Municipais de Saúde (Conass e Conasems).

As comorbidades determinadas pelo ministério da Saúde para o direito à Vacina são essas:

-Diabetes melitus;

-Pneumopatias crônicas graves;

-Hipertensão arterial;

-Doença coronariana,  cardiovasculares;

-Doença cerebrovascular;

-Doença renal crônica;

-Imunossuprimidos (Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea;     pessoas vivendo com HIV, pessoas recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias);

-Anemia falciforme;

-Obesidade mórbida (Índice de massa corpórea (IMC) maior ou igual a 40);

Síndrome de Down;

Outras observações

A diretora da Vigilância em Saúde de Brusque, Ariane Fischer, ressalta que a vacinação poderá ser realizada com qualquer vacina de plataforma de vírus inativado, vetor viral ou mRNA, respeitados os intervalos entre as doses que são recomendados pelo Plano Nacional de Imunização.

Ariane reforça, ainda, que as puérperas, na condição de lactantes, será dada a orientação a não interromper o aleitamento materno após a imunização.

E que, os usuários que não possuem cadastro nas Unidades básicas de saúde, devem levar receita ou comprovação original e cópia, que será retida para respaldo legal.

“Junto à comprovação de comorbidades, o cidadão deve apresentar documento com foto, Cartão Nacional do SUS e comprovante de residência”, acrescenta a diretora da Vigilância em Saúde.

A vacinação da primeira dose contra a Covid-19 para as pessoas com comorbidades que fizerem o seu cadastro no site inicia nesta sexta-feira (30), nos dois Centros de Vacinação, instalados na UNIFEBE e na UNIASSELVI (antiga Vila Schlosser). Brusque também segue com o cadastramento e vacinação em primeira dose disponíveis para idosos de 60 anos ou mais e para trabalhadores da área da saúde de todas as categorias, ainda não contemplados.

Publicidade
Últimas notícias

Câmara de Guabiruba realiza a primeira sessão ordinária de agosto, após período de recesso

Na noite de terça-feira, 03, ocorreu sessão ordinária na Câmara Municipal de Guabiruba, a primeira de agosto após o...
Publicidade
WhatsApp chat