Adolescente invade escola e mata cinco pessoas em Saudades; Estado decreta luto oficial de três dias

Publicidade
Utilidade pública

A governadora Daniela Reinehr decretou nesta terça-feira, 4, luto oficial de três dias em Santa Catarina diante da tragédia na escola de educação infantil em Saudades, no Oeste catarinense. O texto será publicado no Diário Oficial desta terça-feira.

“Manifesto minha profunda tristeza e presto minha solidariedade a todos no município de Saudades. Nossas equipes de Segurança Pública estão na cidade atuando no atendimento à ocorrência e prestando todo o atendimento às vítimas e familiares”, afirmou Daniela Reinehr. 

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, na manhã desta terça-feira, 4, uma creche no município de Saudades foi invadida por um homem, de 18 anos, que com uma arma branca – um facão – feriu crianças e professores. As equipes das polícias Militar e Civil, bem como o Corpo de Bombeiros Militar e o Instituto Geral de Perícias estão no local e a ocorrência ainda está em andamento. 

Creche em Saudades. (Foto: Divulgação / CBMSC)

Dois adultos e três crianças morreram. O autor desferiu golpes também contra o próprio pescoço, além de abdome e tórax e foi encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital em Pinhalzinho.

O caso

Três crianças e duas professoras morreram após um jovem de 18 anos invadir a escola Pró-Infância Aquarela, por volta das 10h 30 desta terça-feira (04) em Saudades.

Segundo informações, o jovem teria golpeado as vítimas com uma arma branca. A polícia civil disse em entrevista que ainda não é possível afirmar as características do objeto, pois o local foi isolado para perícia.

Quando chegou no educandário, o jovem foi atendido por funcionários, momento em que começou a golpear a professora, primeira vítima fatal. A professora ainda tentou correr para um sala para se proteger, mas infelizmente além dela, o jovem acabou golpeando outras 4 crianças e uma funcionária do local, que estavam na sala.

Ao todo cinco pessoas morreram, a professora e duas crianças morreram no local, uma criança morreu no hospital, e a quinta vítima, uma funcionária que havia sido socorrida com vida e encaminhada pelo SAER para o HRO, morreu no hospital em Chapecó. Existe ainda uma criança ferida, mas que não corre risco de vida.

Ainda não foi informado as idades das vítimas, mas segundo informações da prefeitura de Saudades, a escola atende cerca de 30 alunos do berçário até os 3 anos.

Durante entrevista coletiva, à Polícia Civil reiterou que o jovem que cometeu os crimes não tinha passagem policiais. A motivação do crime segue sendo investigado.

Após o crime, o jovem foi detido por populares, até a chegada da polícia. Ele ainda tentou cometer suicídio.

Em estado grave o jovem foi conduzido para atendimento médico no hospital de Pinhalzinho, e agora será transferido para outro hospital da região. O destino não foi informado pela PM.

A professora Keli Adriane Aniecevski, 30 anos, é uma das vítimas mortas no ataque à escola infantil Pró-Infância Aquarela, em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, nesta terça-feira (4). Além da educadora, uma agente escolar e três crianças de até dois anos morreram atingidos por golpes a faca.

A informação foi confirmada por familiares de Kelly e pela secretária de educação do município, Gisela Hermann. A prima da educadora, Silvane Elfel, contou que ela trabalhava na unidade havia cerca de 10 anos.

NOTA DE PESAR – Alesc se manifesta sobre a tragédia no município de Saudades

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina, em nome de seus 40 deputados, se solidariza com as famílias e a comunidade do município de Saudades atingidas pela barbárie ocorrida na manhã desta terça-feira. Diante da tragédia e do inconcebível, permanecemos confiantes na fé e na força da população, familiares e educadores que formarão a rede de apoio necessária para amparar os que estão sofrendo.
Reafirmamos a confiança em nossas instituições para que possam esclarecer e trazer algum entendimento ao ocorrido.

Governadora e representantes de Segurança Pública do Estado concedem coletiva de imprensa sobre tragédia em Saudades

A governadora Daniela Reinehr e representantes das forças de Segurança Pública do Estado de Santa Catarina estarão em Saudades, no Oeste catarinense, no fim da tarde desta terça-feira, 04, para falar sobre a tragédia ocorrida nesta manhã em uma creche do município. A chegada da governadora está prevista para pouco depois das 15h30min. Na cidade, ela acompanha o trabalho das equipes no esclarecimento do crime e prestará apoio às famílias.

O delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Paulo Norberto Koerich, será o porta-voz do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial na coletiva de imprensa. O representante da Polícia Militar de Santa Catarina será o comandante da 4ª RPM, coronel Jorge Luiz Haack, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, o comandante do 6º Batalhão de Bombeiros Militar, tenente-coronel Walter Parizotto e do Instituto Geral de Perícias o gerente da 5ª Gerência Mesorregional de Perícias de Fronteira, perito criminal Carlos Augusto Nogueira Júnior.

O coronel do Corpo de Bombeiros Militar, Ricardo José Steil, que está respondendo pela presidência do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial chegará ao município na manhã de quarta-feira, 05.

A coletiva será transmitida pelo Youtube, no link: https://youtu.be/-fj88dckO6U

Serviço

O que: Coletiva de Imprensa da SSP, referente aos ataques na Creche em Saudades
Quando: terça-feira, 04
Onde: Quartel do Corpo de Bombeiros Militar em Saudades – Rua Vereador Ivo Stulp, S/Nº – Centro – Saudades.
Horário: 18h

Publicidade
Últimas notícias

Câmara de Guabiruba realiza a primeira sessão ordinária de agosto, após período de recesso

Na noite de terça-feira, 03, ocorreu sessão ordinária na Câmara Municipal de Guabiruba, a primeira de agosto após o...
Publicidade
WhatsApp chat