Matriz de risco aponta três regiões em nível grave e 13 em situação gravíssima

A melhora ocorreu após duas semanas consecutivas sem alterações, onde apenas a região da Grande Florianópolis permanecia nesse patamar.

Publicidade
Utilidade pública

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado, 15, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que três regiões de Santa Catarina foram classificadas no patamar grave (cor laranja) e outras 13 na situação gravíssima (cor vermelha) para a transmissão da Covid-19.

As regiões de Grande Florianópolis, Médio Vale do Itajaí e Nordeste foram classificadas como grave. A melhora ocorreu após duas semanas consecutivas sem alterações, onde apenas a região da Grande Florianópolis permanecia nesse patamar.

>>> Confira aqui a matriz na íntegra

A exemplo da semana passada, a Grande Florianópolis não foi classificada em nível gravíssimo em nenhum dos quatro índices avaliados pela matriz: evento sentinela (elevação do número de óbitos); transmissibilidade (variação do número de casos); monitoramento (número de exames RT-PCR para Covid-19 processados pelo Lacen) e capacidade de atenção (ocupação dos leitos de UTI).

A única região avaliada com risco máximo em todos os quesitos foi a do Alto Vale do Rio do Peixe.

Publicidade
Últimas notícias

Destaques da sessão da Câmara de Vereadores de Brusque nesta terça-feira, 28

A sessão da Câmara de Vereadores nesta terça-feira, 28, foi marcada por um debate em face da publicação de...
Publicidade
WhatsApp chat