Estelionatários que aplicaram golpes em Brusque são presos em Concórdia/SC

O prejuízo das vítimas em Brusque, ultrapassou a soma de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais).

Publicidade
Utilidade pública

Na última quarta-feira, 12 de maio, várias pessoas foram vítimas de estelionatários que aplicaram golpes na cidade de Brusque. As vítimas recebiam ligações supostamente de bancos, com a alegação de que seus cartões estavam “clonados” e sendo usados indevidamente. Para dar mais credibilidade, pediam para que as vítimas ligassem para o banco e confirmassem as informações, o que era feito por meio de direcionamento da chamada aos golpistas. No decorrer da conversa, além de obterem informações pessoais das vítimas, orientavam-nas a entregar os cartões, juntamente com as senhas, a um suposto funcionário que buscaria em suas residências. Somente após isso, as vítimas percebiam o golpe com a retirada de valores de suas contas bancárias. O prejuízo experimentado pelas vítimas em Brusque, ultrapassou a soma de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais).

De posse de informações sobre o veículo utilizado pelos golpistas, e de posse de uma fotografia tirada por uma das vítimas, os policiais civis passaram a monitorar o veículo, bem como  começaram os trabalhos de investigação, juntamente com a colaboração entre os órgãos de segurança.

Na manhã de segunda-feira, Policiais Civis e Militares da cidade de Concórdia abordaram o veículo em questão, no qual estava um casal. A feminina estava de posse de documento falso, e o masculino admitiu o porte de certa quantidade de substância entorpecente encontrada dentro do veículo, razão pela qual foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil de Concórdia. Com os autores foram apreendidos vários objetos entre maquininhas de cartão, cartões bancários, comprovantes de depósitos e transferências.

Com a identificação dos autores, as vítimas de Brusque efetuaram o reconhecimento da feminina como sendo a falsa funcionária do banco. Ela estava com a mesma roupa e bolsa do dia dos fatos.

Diante do material colhido, a Polícia Civil de Brusque representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva dos autores, o que foi prontamente atendido com a expedição dos respectivos mandados, os quais foram cumpridos na cidade de Concórdia.

Publicidade
Últimas notícias

Polícia Civil recupera televisão e notebook furtados em residência

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Furtos e Roubos de Brusque, recuperou uma televisão e um notebook,...
Publicidade
WhatsApp chat