Prefeito de Brusque reúne-se com comando do Corpo de Bombeiros

Publicidade
Utilidade pública

O prefeito de Brusque, Ari Vequi, recebeu no fim da tarde de quarta-feira (19) no gabinete, a visita do comando do Corpo de Bombeiros do município. Na oportunidade, o capitão Jacson Luiz de Souza anunciou ao chefe do Executivo que deixa o cargo nos próximos dias, pois foi transferido para o Batalhão de Balneário Camboriú (SC).

Souza também informou que a tenente Bruna Deschamps Gelsleichter assume o comando interinamente pelos próximos meses, até a chegada do capitão Rodrigo Gonçalves Basílio, de Blumenau, que será o próximo comandante do Batalhão de Brusque. Esta é a primeira vez que uma mulher comanda a corporação brusquense.

Ari Vequi recebeu o comandante Jacson Luiz de Souza, que se despede da cidade nos próximos dias e apresentou o novo comando da corporação. (Foto: Secom/Divulgação)

“Nosso amigo, comandante Jacson, vai para outra missão em Balneário Camboriú – transferido, como é normal na carreira militar – e veio hoje agradecer o município pela parceria, pelo convênio e por tudo aquilo que a Prefeitura e a Corporação tem feito em parceria pela nossa cidade. Nós também agradecemos por esse período que ele esteve à frente do Corpo de Bombeiros, que faz um trabalho espetacular, valorizado e reconhecido pela nossa sociedade. Desejamos sucesso aos novos comandantes. É uma mudança de pessoas e temos certeza que o serviço e aquilo que o Bombeiro faz pelo município terá continuidade. Da mesma forma, a administração municipal também continuará sendo parceira em todas as ações”, afirma o prefeito.

Despedida do cargo

A história do capitão Jacson com Brusque iniciou em 1993, sendo 23 anos dedicados diretamente à segurança pública. “Estamos em fase de transição de comando. Essa visita de cortesia ao prefeito é para apresentar os futuros comandantes, me despedir e agradecer o apoio e a parceria da prefeitura”, ressalta o comandante.

Segundo ele, seu trabalho sempre foi pautado no melhor para a comunidade. “Saio feliz e com o coração em paz, pois sempre tentei fazer o melhor para a comunidade. A gestão desse processo todo, na verdade, quem faz são os bombeiros que estão na rua no dia a dia, a gente só é o facilitador de todo esse processo. Meu comando foi de continuidade até porque nós temos um planejamento estratégico de longo prazo na corporação. O capitão Basílio e a tenente Deschamps vão implementar sua forma de trabalhar, mas também seguindo essa linha do comando, que visa em última instância estruturar e melhorar as condições de trabalho para dar a resposta adequada a nossa cidade”, avalia.

Capitão Jacson também comenta sobre a parceria entre o Corpo de Bombeiros e o Poder Público Municipal. “Ela é fundamental para manter a qualidade que nós temos na área da segurança pública aqui em Brusque. Os convênios junto a Prefeitura são fundamentais, porque os recursos do Corpo de Bombeiros que permanecem aqui são integralmente aplicados. Isso faz com que tenhamos uma corporação diferenciada, com equipamentos e viaturas de ponta”, ressalta.

Número de atendimentos

Até 2019, o Corpo de Bombeiros atendia em média cinco mil ocorrências por mês. Em 2020, em função da pandemia, o número de atendimentos teve uma redução de 20% e baixou para cerca de quatro mil.

“Temos meses com mais e menos ocorrências e picos de atendimentos em alguns horários do dia. Mesmo com a diminuição por conta da pandemia atendemos entre 12 e 15 ocorrências diárias. Chegando a picos de até 27 atendimentos em um dia, ou seja, mais de uma ocorrência por hora”, detalha capitão Jacson.

A equipe de Brusque é composta por 35 bombeiros militares, 30 bombeiros comunitários e agentes da Defesa Civil. “São 70 bombeiros que trabalham diuturnamente. Um efetivo ainda pequeno para o porte da cidade”, conclui.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Confira o boletim epidemiológico deste domingo (26)

Nas últimas horas 10 novos casos da doença foram confirmados O boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde...
Publicidade
WhatsApp chat