Confira os assuntos e aprovações da sessão da Câmara de Vereadores

Publicidade
Utilidade pública

A Câmara de Vereadores realizou sessão ordinária nesta terça-feira, 01. O cenário político nacional que envolve o enfrentamento à pandemia da Covid-19 repercutiu no espaço da Palavra Livre, destinada ao pronunciamento dos vereadores sobre temas gerais.

A vereadora Marlina Schiessl (PT) ocupou a tribuna para destacar o movimento 29M, realizado no último final de semana, liderados por partidos de esquerda, que criticam a condução do presidente Jair Bolsonaro, frente ao quadro de vacinação e pelos índices econômicos do país. O tema do movimento foi “Vacina no Braço, Comida no Prato”.

Vereadora Marlina Schiessl (PT) na tribuna da Câmara (Fotos: Aline Bortoluzzi/Imprensa Câmara Brusque)

“A forma como Jair Bolsonaro tem conduzido o processo de gerenciamento da pandemia nos leva sim, a ir para ruas sim, nos movimentar, falar e denunciar, pois, a gente vive numa sucessão de erros por parte do Governo Federal”, destacou.

O presidente da Câmara, Alessandro Simas, DEM, ocupou a tribuna e fez o pronunciamento em defesa ao presidente Jair Messias Bolsonaro, rebatendo, de maneira exaltada, as colocações feitas pela vereadora Marlina.

Vereador Alessandro Simas na tribuna da Câmara (Foto: Aline Bortoluzzi/Imprensa Câmara Brusque)

“Foi um aglomerado de pessoas e não uma manifestação, que não corresponde aquilo que a maioria da população pensa, nós somos o quarto país que mais aplicou vacina no mundo; o que o governo federal vem fazendo é um ótimo trabalho, só que eles querem pregar a coisa ruim”, defendeu Simas.

Rodovias – Entre outros assuntos abordados na Palavra Livre, o vereador Ricardo Gianesini, Patriota, falou sobre a preocupação demostrada por empresários sobre o projeto de duplicação da Rodovia Ivo Silveira, que faz ligação Brusque e Gaspar.

De acordo com Rick, tendo exemplo da duplicação Rodovia Antônio Heil, a falta de anéis de retorno no trecho rodoviário fez com que a comunidade local e empresas de grande porte tivesses prejuízos.

O vereador busca mobilizar a classe política regional para evitar que a SC 108 não apresente os mesmos prolemas no projeto original.

Vereador Ricardo Gianesini, Rick, na tribuna (Foto: Aline Bortoluzzi/Imprensa Câmara Brusque)

“Conversei com empresários querendo sair e colocar a empresa em outro local, com a falta de retornos chegam a gastar R$ 40 mil a mais por mês; a ideia é identificar esses erros e chamar atenção do governo estadual”, destacou.

O tema rodovia ainda ganhou outra vertente.

O vereador Jean Pirola ocupou a tribuna para falar sobre a chamada “indústria da multa”, pedindo pela revisão do limite de velocidade na rodovia Antônio Heil, que segundo o vereador não é compatível com o trecho rodoviário. Ao final da sessão, Pirola explicou seu posicionamento.

Vereador Jean Pirola na tribuna com a parte do vereador Simas (Foto: Aline Bortoluzzi/Imprensa Câmara Brusque)

Não tem o porquê a nossa rodovia continuar com trecho de 80/km no máximo, tem se tornado a rodovia da multa, é uma indústria, os últimos números mostram mais de 28 mil multas aplicadas”, frisou.

O vereador Andre Vechi, DC, comentou na tribuna sobre os trabalhos iniciais de acompanhamento à revisão do Plano Diretor e também na comissão que busca procedimentos de desburocratização para aberta de empresas no município.

Vereador André Vechi na tribuna da Câmara (Foto: Aline Bortoluzzi/Imprensa Câmara Brusque)

“Já deveríamos ter revisado em 2018 (prazo de revisão dez anos), a última foi em 2008, pedi na tribuna que os vereadores participem desde o início, para que a gente não tenha retrabalho, para quando chegar na casa já estejam cientes e estimular a sociedade a participar, para que não sejamos vítimas de grupos de interesse”, destacou.  

Ordem do Dia – Aprovações

Confira as aprovações da sessão ordinária desta terça-feira, 1º de junho

Vereadores aprovaram projetos de lei, requerimentos, pedidos de informação e uma moção na Ordem do Dia

Em sessão ordinária realizada nesta terça-feira, 1º de junho, os vereadores aprovaram projetos de lei, requerimentos, pedidos de informação e uma moção na Ordem do Dia. Indicações, que são textos que não passam por votação, também foram apresentadas.

Confira todas as aprovações da reunião:

Projetos de lei

– Em primeira discussão e votação, Projeto de Lei Ordinária nº 46/2021, de origem executiva, que “Dispõe sobre o Fundo Municipal de Apoio à Cultura – FMAC, institui o Prêmio Wilson Erasmo Quintino dos Santos, e dá outras providências”;

– Em discussão e votação únicas, Projeto de Lei Ordinária nº 53/2021, de origem executiva, que “Autoriza a abertura de crédito adicional suplementar e especial, e dá outras providências”.

Publicidade
Últimas notícias

Presidente do comitê gestor do Centro de Inovação fala sobre ações para retomada das obras, em nova licitação

A presidente do comitê gestor de implantação do Centro de Tecnologia e Inovação, reitora Rosemari Glatz, falou ao Jornal...
Publicidade
WhatsApp chat