Complexo esportivo do SESI à venda entra na rota dos sonhos do Brusque FC

Publicidade
Utilidade pública

O complexo esportivo do SESI de Brusque, localizado na rodovia Antônio Heil, entrou na lista de “sonhos de consumo” do Brusque Futebol Clube, para a meta tão almejada: a construção do estádio próprio. O referido imóvel vem acompanhado de outras dependências e infraestruturas esportivas, que podem elevar o potencial do clube.

A colocação da venda do imóvel, por parte da FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), abriu especulações. O primeiro capítulo oficial desta história foi registrado na última terça-feira, 10.

O presidente do Brusque FC, Danilo Rezini, acompanhado do prefeito Ari Vequi, esteve na sede da FIESC, para um encontro com o presidemnte do órgão, Mário César de Aguiar, que serviu para apresentação dos aspectos da transação imobiliária. O valor de venda não foi divulgado e pouco se sabe das tratativas que precisam ser obedecidas. Os bastidores de um possível negócio ainda permanecem sob sigilo, pois, envolvem ritos imobiliários e decisões de ordem corporativas e até mesmo judiciais.

Instalações esportivas do campo de grama do SESI (Foto: divulgação)

Em nota da assessoria de imprensa do clube, Danilo Rezini disse que “Estamos vendo sobre a possibilidade da venda do Sesi. Eu e o prefeito da cidade, Ari Vequi, estivemos reunidos, ontem (10), com o presidente da FIESC, para ver a realidade do que está acontecendo com o Sesi. Foi nos passado que está à venda, nos passaram o valor, que de momento vamos manter em sigilo. A partir disso, vamos nos reunir (eu e o prefeito), para ver de que maneira podemos viabilizar a compra do Sesi, efetivamente com a compra, se vier a se concretizar, vamos buscar uma parceira para construir o estádio, e possivelmente, a Havan vai se colocar à disposição para fazer a Arena. Mas no momento são só especulações e ideias, o que temos de concreto, foi a reunião que fizemos ontem, onde buscamos a confirmação da possível venda e do preço que estão pedindo pelo local”, comentou.

Enquanto fora de campo a luta pelo estádio permanece nas cogitações, no gramado o clube segue trilhando caminho na Série B, do Campeonato Brasileiro. A acessão, desde o acesso e o título da Série D, passagem pela Série C, colocou Brusque, tanto clube como cidade, na órbita de grandes clubes e projeções, que trazem reflexos no desenvolvimento e na marca do município.

Muito antes de tudo acontecer, a possibilidade da construção de uma “Arena Havan”, da patrocinadora máster, despertou mobilizações no setor político, com projetos, que entraram no papel, porém, poucas iniciativas concretas avançaram nessa direção, conforme destacou o presidente do clube.

“Claro que é uma preocupação e uma prioridade do Brusque FC. Estamos buscando parcerias para a viabilidade da implantação de um estádio para o Quadricolor. Como todos sabem, esse comentário já saiu na imprensa há muito tempo, da possibilidade da Havan fazer a Arena Havan, mas isso por enquanto está só no papel, não houve nenhum avanço nesse sentido”, frisou Danilo.

SESI Brusque –  Rodovia Antonio Heil, Km 23 – Bairro Limoeiro 

Instalações esportivas:

Quadra Poliesportiva

Campo de Grama Sintética (55X35)

Campo de Grama (Futebol)

Campo de Grama (Sete/Society)

Campo de Areia (Futebol)

Campo de Areia (Vôlei)

Pista de Atletismo

Bocha

Bolão

Instalações sociais:

Sala

Salão Social

Quiosque/Churrasqueira

Parque Infantil

Campos de areia do Sesi Brusque (Foto/Divulgação)
Instalações esportivas do Sesi Brusque (Imagem/Divulgação)
Parque infantil do Sesi Brusque (Foto: divulgação)
Publicidade
Últimas notícias

Boletim apresenta 21 novos casos de Covid-19 em Brusque nas últimas 24h

O boletim epidemiológico divulgado pela Diretoria de Vigilância em Saúde na tarde desta terça-feira (21), informa que são 29.093...
Publicidade
WhatsApp chat