Presidente do comitê gestor do Centro de Inovação fala sobre ações para retomada das obras, em nova licitação

Publicidade
Utilidade pública

A presidente do comitê gestor de implantação do Centro de Tecnologia e Inovação, reitora Rosemari Glatz, falou ao Jornal da Diplomata, nesta segunda-feira, 27, sobre os avanços para instalação do centro tecnológico.

Entre as frentes de trabalho, desde 2013, aspectos que envolveram cenários políticos e econômicos atrasaram o cronograma de previsão para inauguração da sede, com mais de três mil metros quadrados de área construída.

A ordem de serviço foi assinada em 2017, com previsão de que a obra fosse entregue em 2018, porém, impasses contratuais com a empresa responsável, novamente, trouxeram atrasos. Em função do rompimento do contrato do governo do estado com a empresa, que gerou demanda judicial, o comitê aguarda pelo novo processo licitatório, para continuidade das obras.

Conforme Rosemari, cerca de 90% da edificação está concluída, no entanto, a obra deve seguir em ritmo lento, devido aos altos custos dos acabamentos e das próprias instalações, para o funcionamento do centro.

O comitê, formado para gerenciar os serviços, é composto pela Unifebe, ações governamentais e instituições privadas. Saiba mais detalhes na entrevista, realizada por Sérgio Ferreira.

Publicidade
Últimas notícias

Homem é preso pela Polícia Civil por crime de tráfico de drogas, no bairro Azambuja

No início da tarde desta segunda-feira, 25, a Polícia Civil, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal de Brusque,...
Publicidade
WhatsApp chat