Viatura da PM se envolve em acidente de trânsito, na manhã desta terça-feira; policial foi hospitalizada

Publicidade
Utilidade pública

A Polícia Militar de Brusque repassou informações a respeito do acidente de trânsito envolvendo um veículo Fiat Mobi e uma viatura da corporação. Em virtude do acidente, a condutora do Fiat Mobi e uma Policial Militar receberam atendimento do Corpo de Bombeiros, sendo a policial hospitalizada.

De acordo com o comando, na manhã dessa terça-feira, 30, na esquina da avenida Primeiro de Maio com a avenida Getúlio Vargas, um veículo Fiat Mobi Like colidiu numa viatura Jeep Renegade da Polícia Militar em Brusque.

Conforme relatos das partes, foi constatado que a viatura transitava pela avenida Getúlio Vargas sentido loja Havan, estando em atendimento de ocorrência com giroflex e sirene ligados. “Assim, apesar do sinal do semáforo estar fechado para a viatura, a mesma, após perceber que um caminhão que transitava na pista da esquerda (no local há duas pistas de rolamento de mesmo sentido) da avenida Primeiro de maio sentido Avenida Lauro Muller, cedeu preferência para a viatura, vindo esta seguir em frente. Todavia, sua trajetória foi cortada pelo veículo Fiat que transitava na avenida primeiro de Maio sentido avenida Lauro Muller, pela pista da direita, ocasionando a colisão transversal entre ambos”, destacou a Polícia Militar em comunicado à imprensa.

Ao analisar a sinalização vertical e horizontal existente no local observa-se claramente que próximo do cruzamento do acidente há uma placa de regulamentação fixada em um poste da rede pública de energia elétrica determinando que os veículos que transitam na pista da direita deverão convergir à direita, e ao analisar a sinalização horizontal, que divide as pistas de mesmo sentido, apesar de parcialmente apagada, ela reforça a sinalização vertical citada, para que os condutores naquela pista de rolamento, não sigam em frente.

Diante das informações constatadas e narradas acima, conclui-se, que a condutora do veículo Fiat, uma mulher de 23 anos,  foi a responsável pelo acidente. “Primeiro por não estar atenta aos sinais sonoros de emergência da viatura, pois isso dá a preferência de passagem à viatura policial, bem como não observou que o caminhão que transitava a sua esquerda parou, e principalmente por ter desrespeitado a sinalização vertical e horizontal existente no local, conforme mídias anexas”, enfatizou a PM em nota.

Na viatura, além do condutor estava a patrulheira, uma soldado de 35 anos de idade, que sofreu ferimentos leves ao bater a cabeça com o impacto da colisão.

A condutora  do Fiat  também sofreu ferimentos na região do peito por conta do cinto de segurança. Ambas foram atendidas pelo ASU, e posteriormente a Soldado conduzida para o hospital Azambuja.

A condutora do veículo Fiat estava com a CNH vencida a mais de trinta dias, sendo autuada por essa infração e também por desrespeitar a sinalização de regulamentação existente no local.

(Foto: Divulgação/Polícia Militar)
Publicidade
Últimas notícias

Sala do Empreendedor de Brusque concentra todos os serviços disponibilizados ao MEI

A Sala do Empreendedor – uma parceria entre o Sebrae SC e Prefeituras Municipais, foi criada para auxiliar a...
Publicidade
WhatsApp chat