Prefeitura adquire veículos no valor de R$ 385 mil para levar o ensino de robótica às unidades de ensino

Entrega das vans adaptadas do projeto Laboratório Itinerante de Robótica Educacional ocorreu na manhã desta sexta

Publicidade
Utilidade pública

O ano letivo de 2022 será de grandes novidades para os alunos da rede municipal de ensino brusquense. Ao acompanhar a evolução tecnológica e aproximar os estudantes das novas formas de aprendizagem, estimulando a criatividade e a inovação, a partir deste ano, dois furgões adaptados vão percorrer as unidades escolares para desenvolver o projeto Laboratório Itinerante de Robótica Educacional. Adquiridos pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, num investimento total de R$ 385 mil, os veículos foram entregues na manhã desta sexta-feira (07).

De acordo com a secretária de Educação de Brusque, professora Eliani Aparecida Busnardo Buemo, nos moldes em que foi concebido, o projeto é pioneiro no país. “Não encontramos algo similar em nenhum lugar. É emblemático. Um sonho que começa a se tornar realidade”, destaca.

Ela reforça, ainda, que além da modalidade itinerante, acompanhando as novas tendências de ensino e aprendizagem, as escolas da rede municipal também terão equipamentos para as aulas de robótica. “Esta é mais uma ação que tem por objetivo tornar a rede municipal de ensino tecnológica, com diferencial e cada vez mais qualidade na educação”, sentencia.

Para o prefeito em exercício, Gilmar Doerner, este é mais um momento de grande alegria, pelo significado do ato. “Brusque está inovando mais uma vez, saindo na frente ao entregar esses veículos, que custam, cada um, mais de R$ 192 mil. Um investimento importantíssimo porque queremos ver nossas crianças sendo educadas com qualidade e preparadas para o mundo tecnológico que já se tem e que vai evoluir cada vez mais”, analisa.

Evolução no ensino

A robótica começou a fazer parte da realidade na educação brusquense no ano passado, quando foram adquiridos os primeiros kits e sete professores e dois monitores foram capacitados para se tornarem multiplicadores dos conhecimentos.

Assim, a Secretaria de Educação oportuniza o acesso às novas tecnologias, além de despertar o senso crítico por meio da investigação e planejamento do trabalho em equipe e na resolução de problemas. Ao trazer para a prática os conceitos estudados em sala de aula, mostrando a viabilidade da aplicação dos conhecimentos teóricos na rotina e na melhora das condições de vida das pessoas.

Para Eliani Buemo, a robótica educacional é uma possibilidade de estimular aspectos diferenciados e trazer ganhos para os processos de aprendizagem. “Esse método contribui para a multidisciplinaridade da educação, desenvolvendo as habilidades de cada disciplina durante a criação dos projetos. Dessa maneira, os alunos assumem o protagonismo e se tornam ativos na construção do seu conhecimento”, finaliza.

O que é

A robótica consiste em uma série de procedimentos para que um robô seja capaz de executar um conjunto de instruções. Na área educacional, é um método de ensino que incentiva o aluno a construir os próprios conhecimentos por meio de uma ação. Nela, são mesclados materiais não estruturados, como sucatas ou são usados kits de montagem.

Esses materiais são compostos por diversas peças, sensores e motores, controlados por uma placa que permite programar o funcionamento dos modelos montados. Eles garantem ao aluno a oportunidade de desenvolver sua criatividade com a montagem de seu próprio projeto.

Publicidade
Últimas notícias

Covid-19: Confira o boletim epidemiológico desta quarta-feira (26)

575 novos casos da doença foram registrados em Brusque nas últimas 24h Brusque registrou 575 novos casos de Covid-19 nas...
Publicidade
WhatsApp chat