Brusque empata com Camboriú e é bicampeão Catarinense

Publicidade
Utilidade pública

Na tarde deste sábado, 02, o Brusque entrou em campo tentando fazer história, na disputa de sua terceira final de Campeonato Catarinense, campeão em 1992, em cima do Avaí e derrotado em 2020, contra Chapecoense, o adversário da vez era o Camboriú em uma final inédita.

Com melhor campanha entre todas as equipes durante a competição e após o empate no jogo de ida em Balneário Camboriú, um novo resultado igual dava o bicampeonato estadual para o quadricolor. E foi o que aconteceu o empate deu o titulo ao Bruscão.

O torcedor fez sua parte com residências e comércios enfeitados com as cores do Bruscão, ingressos esgotados nas primeiras horas de vendas e uma bonita festa desde o início da manhã deste sábado.

O ônibus dos jogadores foi recepcionado por um corredor de cores (sinalizadores) dando a energia que o time precisava para entrar em campo.

O primeiro lance de perigo do Bruscão aconteceu logo aos 3 minutos, Alex  Sandro recebeu bola enfiada pela direita, avançou e chutou por cima do gol.

Na sequência aos 6 minutos, Zé Mateus bateu forte de longe o goleiro Gabriel Felix “bateu roupa”, mas acabou defendendo no segundo lance.

Novamente aos 8 minutos em um lance semelhante Alex Sandro ganhou na velocidade e cruzou para o meio da área, Zé Mateus recebeu sozinho e isolou a bola, perdendo uma grande chance para o Bruscão.

O Camboriú chegou com perigo aos 14, Léo Campos cobrou falta na cabeça de Acaráu, que desviou para defesa de Ruan Carneiro. Susto na torcida do Bruscão.

Airton bateu falta pela direita, o chute saiu fechado e foi defendido pelo goleiro Gabriel. O lance começou após falta sofrida por Toty.

Aos 30 minutos Alex Sandro subiu mais alto que o zagueiro em uma bola levantada pelo lado esquerdo por Airton, por pouco, ele não alcançou a bola. Mais um lance de perigo para o Bruscão que levantou a torcida no estádio Augusto Bauer.

Alex Sandro novamente aos 40 minutos levou perigo, chutou de fora da área a bola passou próxima da trave esquerda do arqueiro do Camboriú. O artilheiro do campeonato foi o que mais tentou durante o primeiro tempo.

O primeiro tempo acabou com o placar zerado, o resultado dava o título para o Bruscão.

2º Tempo

Toty, aos 2 minutos, chegou pelo lado direito, bateu cruzado direto para defesa em dois tempos do goleiro. Foi o primeiro lance de perigo da etapa final.

O Brusque continuou a tentar com bolas lançadas e cruzamentos, sempre sendo afastados pelo sistema defensivo do Camboriú.

Fernandinho realizou boa jogada individual pegou a bola na segunda trave, girou para cima do defensor e bateu, a bola desviou na defesa e foi para fora.

A primeira substituição do Brusque foi à saída de Diego Jardel para entrada de Jailson. O objetivo foi dar mais mobilidade no setor de meio campo, Diego já estava cansado.

Trindade saiu sentido uma contusão, o técnico Waguinho Dias deixou o time mais ofensivo com a entrada de Lucas Silva.

Ruan Carneiro “operou” um milagre na cabeçada de Ronny, quase o Camboriú abriu o placar aos 22 minutos. O lance foi construído pelo lado esquerdo de ataque em um cruzamento que achou o atacante livre.

O Camboriú partiu para o ataque já que precisava do gol, principalmente com bolas lançadas na área e chutes de longa distância, mas não teve sucesso.

Luiz Antônio tentou aos 39 minutos chegando com muito perigo em lançamento na pequena área, à bola foi desviada e saiu.

E o jogo foi assim até o final, como o empate dava o título para o Brusque, com o apito final, festa da apaixonada torcida do Bruscão. Os comandados de Waguinho Dias comemoraram o bicampeonato.

Ficha técnica:

Brusque: Ruan Carneiro, Toty, Everton Alemão, Sandro, Airton, Zé Mateus, Luiz Antônio, Trindade, Diego Jardel, Fernandinho e Alex Sandro. Técnico: Waguinho Dias.

Camboriú: Gabriel Felix, Lucas Barboza, Emerson Martins, Léo Campos, Balotelli, Bruno Mota, Maicon Assi, Juliano, Caio, Acaraú, Jorge Henrique (Ronny), Tetê. Técnico: Luan Carlos.

Equipe de arbitragem:

Árbitro: Ramon Abatti Abel

Assistentes: Thiago Americano Labes e Bruno Muller.

Publicidade
Últimas notícias

Hospital Azambuja alerta nova modalidade de golpe em nome da instituição

O Hospital Azambuja alerta a população de Brusque e região para novas tentativas de golpes, utilizando o nome da...
Publicidade
WhatsApp chat