Caminhada Vale dos Milagres reúne 600 pessoas

Publicidade
Utilidade pública

Aproximadamente 600 pessoas participaram, nesta noite, da 2ª edição da Caminhada Vale dos Milagres, um importante momento de devoção e fé da comunidade católica. O evento, que tem o apoio da Prefeitura de Brusque, voltou a ser realizado após dois anos de suspensão face à pandemia de Covid-19.

A peregrinação teve início por volta das 22 horas de quinta-feira (14), junto ao Santuário de Azambuja e os primeiros romeiros chegaram em Nova Trento por volta das três horas da manhã desta Sexta-Feira Santa (15), vencendo o percurso de aproximadamente 23 quilômetros.


De acordo com o Secretário de Fazenda e Gestão Estratégica, William Molina, é gratificante para a Prefeitura, pelo segundo ano, apoiar este momento de fé, onde as pessoas da comunidade fazem o pagamento de promessas, agradecem graças alcançadas e fazem orações. “Este momento é muito importante para que nós, enquanto cidadãos, tenhamos uma vida mais plena, saudável e alegre”, analisa.


Antes do início da caminhada, todos os romeiros foram devidamente identificados com coletes e receberam orientações, além de realizarem alongamento orientado por educadores físicos e outros profissionais habilitados. E tiveram, ainda, um momento de oração. Já na chegada a Nova Trento, foram recepcionados com um café da manhã e puderam retornar a Brusque em ônibus oferecidos pela Prefeitura.


Molina menciona que todo o trajeto foi feito com segurança e tranquilidade, com o suporte oferecido pela Guarda de Trânsito de Brusque (GTB), além de uma ambulância para o atendimento de qualquer eventualidade, além de carros de apoio, que fizeram o transporte de pessoas que, por algum motivo, precisaram interromper a caminhada. “Conseguimos dar todo o suporte para as pessoas terem segurança e o conforto”.


“Agradecemos aos servidores que, voluntariamente, participaram e ajudaram a fazer da 2ª Caminhada Vale dos Milagres um grande sucesso e, ao concluirmos a edição deste ano, já começamos a pensar no evento do próximo ano”, revela.
Segundo Molina, sugestões dos peregrinos foram anotadas, como por exemplo, iluminar alguns trechos de pouca luminosidade para garantir ainda mais segurança aos romeiros, além da distribuição de frutas, o que não foi possível neste ano mas que já está na programação para o ano que vem.

“Deixamos em aberto para que todas as pessoas possam apresentar suas contribuições para melhorar e engrandecer cada vez mais essa manifestação de fé e devoção. Nossa meta é nos aproximar de 1.000 participantes no próximo ano”, completa.

Publicidade
Últimas notícias

Grupo de Feirino do Bandeirante promove confraternização com ex-jogadores profissionais

O grupo de feirino Clube 25, da Sociedade Esportiva Bandeira, promoveu um momento de confraternização na noite desta última...
Publicidade
WhatsApp chat